Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

GESTORES ESTADUAIS

Governadores se reúnem na segunda-feira e devem fazer defesa do STF, em contraponto a Bolsonaro

Maioria dos gestores estaduais vai participar da reunião de forma virtual.

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 22/08/2021 às 8:58
Notícia
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Governadores em reunião de março de 2020 - FOTO: Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

Em meio à tensão entre os poderes, o Fórum Nacional de Governadores se reúne nesta segunda-feira (23) e devem fazer a defesa das instituições democráticas, incluindo o Supremo Tribunal Federal (STF), em um contraponto ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O mais recente episódio que acirrou a crise entre os poderes foi o presidente Jair Bolsonaro apresentar, na sexta-feira (20), um pedido de impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo.

No encontro da segunda, além de defender as instituições, os governadores vão discutir a necessidade de integração entre governo federal, estados e municípios para enfrentamento à pandemia em meio à transmissão da variante Delta, cepa mais transmissível do coronavírus.

Também estão na pauta o Pacto Federativo, a Reforma Tributária e a defesa da sustentabilidade ambiental por estados e municípios.

“A agenda do Fórum dos Governadores é para tratar da pauta tipicamente federativa. De um lado o risco de desequilíbrio da Federação, pois largaram uma Reforma Tributária com objetivos claros: simplificação tributária, o fim da bi e tri tributação, o fim da guerra fiscal e nova política de desenvolvimento com o fundo de desenvolvimento regional, como prevê nossa Constituição Federal, o caminho para acordo para reduzir de forma ordenada e com transição responsável, das regras de tributação centrada no consumo e na folha, para caminho que outros países foram, sobre a renda e patrimônio e onde que tem mais paga mais e quem tem menos paga menos, e ainda, ganhando o Brasil melhores possibilidades na atração de investimentos e geração de empregos e ampliação da renda. E estamos no varejo, no picotado que pode até beneficiar um setor, mas quebra outro ou ainda desmantela a sustentabilidade da Federação Brasileira”, afirma Wellington Dias, governador do Piauí e coordenador dos governadores sobre vacinas.

“Mas vamos tratar também da conjuntura, pois independente da disputa partidária pelo Forum dos Governadores defendemos o fortalecimento da nossa democracia, respeito à Constituição e as leis e ainda a defesa da vida acima de todas as prioridades, do desenvolvimento sustentável e respeito às instituições", disse Wellington.

“Trataremos ainda do tema do compromisso do Brasil para Sustentabilidade Ambiental e devemos apreciar a formação de um Consórcio das 27 unidades da federação e para gestão de uma carteira de 9 projetos das cinco regiões do Brasil e com proteção dos principais biomas, ampliação de áreas de proteção e meta para plantio de milhões de árvores em cada Estado, prioridade nas energias limpas, saneamento, e na prioridade das prioridades investimentos na coleta e medidas adequadas para esgoto e lixo, e gestão dos recursos hídricos. Iniciando por parceria com o Governo Americano e Comunidade Europeia, integrando os povos das origens e população que vive nas regiões das florestas e principais biomas“, prevê Wellington.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), participará da reunião por videoconferência.

Até o sábado (21), não haviam confirmado presença os governadores do Paraná, Ratinho Júnior (PSD); do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL); e do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL). Os três são aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Quem vai representar o Rio Grande do Norte é o vice-governador Antenor Roberto (PCdoB). Isso porque a governadora Fátima Bezerra (PT) receberá, no mesmo horário da reunião do Fórum, a visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Natal (RN). O líder petista realiza, desde o domingo passado (15), um périplo pelo Nordeste.

Veja a lista dos governadores que confirmaram participação na reunião:

IDA PRESENCIAL

1) Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB).
2) Governador do Piauí, Wellington Dias (PT).
3) Governador de Rondônia, Cel. Marcos Rocha (PSL).

POR VIDEOCONFERÊNCIA

1) Governante do Acre, Gladson Cameli (PP).
2) Governador de Alagoas, Renan Filho (MDB).
3) Governador do Amapá, Waldez Goés (PDT).
4) Governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC).
5) Governador da Bahia, Rui Costa (PT).
6) Governador do Ceará, Camilo Santana (PT).
7) Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB).
8) Governador do Goiás, Ronaldo Caiado (DEM).
9) Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).
10) Governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM).
11) Governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB).
12) Governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo).
13) Governador do Pará, Helder Barbalho (MDB).
14) Governador da Paraíba, João Azevedo (Cidadania).
15) Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).
16) Vice-Governador do Rio Grande do Norte, Antenor Roberto (PCdoB).
17) Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB).
18) Governador de Roraima, Antonio Denarium (PSL).
19) Governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL).
20) Governador de São Paulo, João Doria (PSDB).
21) Governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD).

CONVIDADOS
1) Presidente da CNM (Confederação Nacional dos Municípios), Paulo Ziulkoski.
2) Presidente do Consefaz (Conselho Nacional dos Secretários da Fazenda), Rafael Fonteles.
3) Secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente.
4) Secretário do Meio Ambiente do Distrito Federal, Sarney Filho.
5) Secretário de Comunicação do Distrito Federal, Weligton Moraes.

Comentários

Últimas notícias