Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

desenvolvimento

Acordo inédito com a Shell deve ampliar distribuição de gás natural para interior de Pernambuco

Contrato que estabelece parceria com a Copergás foi firmado durante reunião no Palácio do Campo das Princesas

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 25/08/2021 às 11:09
Notícia
Heudes Regis/Divulgação
Com o acordo, a Copergás terá três supridores de gás natural: Petrobras, New Fortress e Shell. - FOTO: Heudes Regis/Divulgação
Leitura:

O governador Paulo Câmara assinou um acordo inédito com a empresa Shell do Brasil. O contrato vai permitir que, a partir de 2022, a Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) passe a contar com mais uma supridora de gás natural, além da Petrobras e da New Fortress.

“Essa parceria é um sonho antigo nosso, de ampliar a expansão do gás para todo o Estado. Pernambuco avançou nesse processo de interiorização do desenvolvimento, mas precisávamos de mais oferta, precisávamos chegar a locais que têm potencial, mas faltava garantir essa condição”, comemorou Paulo Câmara.

Com o acordo, a Copergás terá três supridores de gás natural: Petrobras, New Fortress e Shell.

"Além da diversificação do suprimento, a companhia busca proporcionar aos seus usuários maior competitividade e estabilidade de preços, frente às oscilações do petróleo no mercado internacional. O suprimento será feito não só por meio da malha integrada de transporte, mas também para atendimento às redes locais, situadas em municípios afastados da rede tradicional de distribuição de gás natural", informa a estatal.

A partir do ano que vem, a Copergás receberá um suprimento de 750 mil m³/dia de gás natural da Shell, o que representa cerca de 50% do mercado não-termelétrico atendido pela empresa pernambucana. Já em 2023, esse volume adquirido passará a 1 milhão de m³/dia, correspondendo a 66% do volume destinado aos segmentos não-termelétricos.

O acordo foi firmado após chamada pública, lançada em setembro de 2020 pela Copergás, em conjunto com outras quatro distribuidoras do Nordeste. O processo contou com a participação de oito empresas, que apresentaram 18 propostas comerciais.

O secretário Geraldo Julio disse que o acordo representa um momento histórico do mercado de gás no Brasil.

"Os resultados irão impactar diretamente na competitividade industrial do Estado e na melhoria da qualidade de vida das pessoas. A Copergás se coloca hoje como pioneira no país”, disse.

O presidente da Copergás, André Campos, disse que a empresa pernambucana assume posição de destaque no cenário nacional com esse primeiro acordo, em um momento de abertura do mercado brasileiro de gás natural.

“Esse trabalho pioneiro da Copergás pretende consolidar o compromisso do governador Paulo Câmara e do secretário Geraldo Júlio com o desenvolvimento sustentável de Pernambuco. Estamos levando o gás natural aos principais polos econômicos do Estado e também abrindo novas fronteiras para que a criação de emprego e renda chegue a todas as regiões. O gás natural será um dos indutores dessa expansão”, disse Campos, acrescentando que o acordo com a Shell servirá de referência para outras companhias estaduais do setor, na busca pela diversificação"

Comentários

Últimas notícias