Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

rejeição

Recife terá manifestação do MBL contra Bolsonaro no dia 12 de setembro

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 04/09/2021 às 7:35
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
PERNAMBUCO Promessas para empresários, acenos para apoiadores e solenidade militar marcaram a passagem do presidente pelo Recife - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

Os movimentos Livres, UJL, MBL, Lola, Juventude Cidadania e Cidadania Diversidade informam que estão se mobilizando para realizar uma manifestação no Domingo, dia 12/09, a partir das 13h no Marco Zero da cidade.

Em nota enviada ao blog, um dos coordenadores do MBL, Izaque Costa, aponta que "nesses dois anos e meio de governo Jair Bolsonaro ele traiu a pátria, provocou a morte de inocentes por sua negligência, terminou de quebrar a economia, meteu inflação no bolso do pai de família de classe média e baixa, se vendeu para banda mais podre do Centrão e agora tenta um golpe contra a nossa democracia. Contudo, as ruas vão dar a merecida resposta dia 12 de setembro."

Confira o texto completo, abaixo

"Em 2018 uma parcela da população brasileira foi às urnas eleger um nome que trazia para si anseios e expectativas de uma nova era de combate à corrupção, à velha política, e que botasse para andar as reformas econômicas que toda sociedade brasileira precisava.

Jair Bolsonaro foi eleito, mas, no entanto, traiu as pautas que defendeu durante sua campanha, sabotou a reforma da previdência e o pacote anticrime ainda em 2019, perseguia e fritava a reputação de todo aquele o criticasse ainda que esse tivesse dado a vida pela família Bolsonaro como seu então ministro Gustavo Bebiano. Em 2020 aparelhou o Ministério da Justiça de tal forma que levou o maior nome da operação Lava Jato, o ex-juiz Sergio Moro a renunciar ao posto. Durante os piores momentos da pandemia de Covid 19, que ceifava milhares de vidas, demitiu o ministro da saúde Henrique Mandeta e pressionou seu sucessor Nelson Teich até que o segundo médico à frente da pasta da saúde pedisse demissão.

Nesses dois anos e meio de governo Jair Bolsonaro traiu a pátria, provocou a morte de inocentes, terminou de quebrar a economia, meteu inflação no bolso do pai de família de classe média e baixa, se vendeu para banda mais podre do Centrão e agora tenta um golpe contra a nossa democracia, contudo, as ruas vão dar a merecida resposta dia 12 de setembro.

Com o calendário de imunização contra o Corona vírus avançando e grande parte da população vacinada, não graças ao pior presidente da história recente do Brasil. As ruas lotadas vão gritar Fora Bolsonaro! Nas capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília e Recife não será diferente. Foi formada uma frente com seis movimentos liberais (MBL, UJL, Livres Lola, Juventude Cidadania e Diversidade Cidadania). Todos unidos em prol do Impeachment de Jair Messias
Bolsonaro que se aproxima.

Indago se a mesma direita que elegeu o Presidente Bolsonaro o tirará do poder? Creio que não. A direita que hoje pede o fim desse governo corrupto e assassino é uma direita virtuosa, os conservadores que exigem a saída de Bolsonaro e defendem o Estado Democrático de Direito. Os liberais que se posicionam favoráveis às manifestações do super pedido de Impeachment são
promotores da autonomia do indivíduo portanto não aceitarão um incompetente na presidência. Os diversos religiosos que formarão multidões nas avenidas são aqueles que rejeitam que um homem abuse dos seus símbolos sagrados e faça piada com Jesus Cristo. Essa será à direita que derrubará Bolsonaro, um forte candidato à presidiário em 2022.

Quem quiser pode ser voluntário nessa empreitada, o movimento Brasil Livre e o Movimento Vem Pra Rua fizeram um site para voluntários, o https://1209euvou.com/?a=lebresdacoragem. Na página há um abaixo- assinado e detalhes das manifestações além dos grupos de WhatsApp. Este Impeachment é extremamente necessário para garantirmos a democracia. Devemos nos unir seja qual for o nosso espectro político-ideológico."

ISAC NÓBREGA/PR
Bolsonaro em evento da Polícia Militar do Rio de Janeiro - FOTO:ISAC NÓBREGA/PR

Comentários

Últimas notícias