sanha arrecadatória?

Paulo Câmara aumenta meta de arrecadação de ICMS em Pernambuco

Houve aumento da meta de arrecadação de ICMS em relação ao bimestre anterior

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 17/11/2021 às 15:30 | Atualizado em 18/11/2021 às 11:03
HEUDES RÉGIS / DIVULGAÇÃO
Governador Paulo Câmara (PSB) - FOTO: HEUDES RÉGIS / DIVULGAÇÃO
Leitura:

O governador Paulo Câmara (PSB) aumentou a meta de arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nos meses de setembro e outubro de 2021.

A meta de referência e a meta piso dos meses de setembro e outubro foram alteradas, respectivamente, para R$ 3,299 bilhões e R$ 2,639 bilhões.

As metas anteriores, pelos meses de julho e agosto de 2021, eram, respectivamente, R$ 3,212 bilhões e R$ 2,570 bilhões.

Ou seja, houve aumento da meta de arrecadação de ICMS em relação ao bimestre anterior.

Os auditores concursados da Secretaria de Fazenda de Pernambuco (SEFAZ-PE) recebem por produtividade, caso alcancem esta meta.

É prevista em lei, para os auditores, uma Gratificação por Resultados do GOATE - GRG, sempre que cumprida a meta.

A mudança foi feita por decreto de Paulo Câmara, que alterou um decreto de 2017.

O decreto 51.780, de 16 de novembro, já foi publicado no Diário Oficial.

Comentários

Últimas notícias