Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

ELEIÇÃO

Não conseguiu votar na eleição da OAB-PE? Saiba mais sobre a multa e como justificar

Advogados que não votaram precisam justificar ausência na votação da OAB-PE para não pagar multa

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 17/11/2021 às 17:26
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Eleições da OAB no Classic Hall - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

A eleição da Ordem dos Advogados de Pernambuco (OAB-PE) encerrou-se nesta terça (16), com a vitória de Fernando Ribeiro Lins, da chapa de situação Advocacia Mais Unida. Muitos advogados, porém, não conseguiram deixar seu voto. As dificuldades para chegar nas urnas foi motivo de confusão no Classic Hall, local de votação para os juristas de Olinda e Recife.

Segundo a OAB-PE, mais de 23,5 mil advogados estavam aptos a votar em Pernambuco. O número de votos no estado, porém, foi 15.621. Os 7.912 advogados que não votaram, porém, precisam justificar a ausência na eleição.

Caso não justifique sua ausência na votação, o advogado sofre uma multa no valor de 20% da anuidade. Para evitar o pagamento, é preciso preencher uma ficha de justificativa em até trinta dias após a votação, através do site da OAB-PE. O documento digital precisa ser preenchido com:

  • Número de inscrição da Ordem
  • Número de segurança
  • Justificativa (com até 4,5 mil caracteres)
  • Comprovante de Justificativa (arquivo PDF)

No Recife, advogados relataram dificuldade para votar, seja por causa do trânsito intenso perto do Classic Hall ou mesmo pelo problema técnico apresentado em algumas urnas. A oposição tentou, sem sucesso, estender o horário em 2h, período no qual o sistema teria ficado fora do ar.

Nas redes, circula o relato de Rebeca Araujo, que advoga nas áreas da Família, Condomínio e Advocacia Consensual especializada. A jurista, cadeirante, disse ter encontrado dificuldades para conseguir registrar sua escolha para a presidência da OAB-PE.

"A partir do momento que a gente passa do portão, começa uma longa jornada para pessoas como eu conseguirem votar. (...) A gente pergunta onde tem vaga para pessoas com deficiência, uma obrigação pública e privada, e recebe a notícia de que não tem vaga, acesso facilitado", diz a advogada num trecho do vídeo.

Ao Blog, informou-se que cerca de 100 a 200 pessoas pegaram uma certidão para não pagar a multa.

Comentários

Últimas notícias