PERNAMBUCO

Juntas quer abrigo para população LGBTQIA+ em Garanhuns; cidade realiza 3ª parada da diversidade

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 26/11/2021 às 9:51
lillen/Pixabay
As escolas francesas deverão usar o nome escolhido pelos alunos transexuais - FOTO: lillen/Pixabay
Leitura:

O Juntas (PSOL-PE), mandato coletivo integrado por Carol Vergolino, Jô Cavalcanti, Joelma Carla, Katia Cunha e Robeyoncé Lima, quer erguer em Garanhuns uma casa-abrigo para a população LGBTQIA+. Em tempo, ocorre a partir das 13h deste sábado (27) a terceira edição da Parada da Diversidade da cidade.

Ainda neste ano, as codeputadas devem anunciar a destinação de R$ 120 mil em Emenda Parlamentar para a construção da casa-abrigo LGBTQIA+, como adiantou a equipe. O recurso será gerenciado pela Prefeitura em parceria com o coletivo Cores da Resistência.

De acordo om as parlamentares, dentre as 45 emendas impositivas do mandato na Alepe sobre o orçamento estadual de 2022, mais de R$ 282 mil serão destinados à população LGBTQIA+.

Parada da diversidade em Garanhuns

A concentração do evento começa às 13h, no parque Euclides Dourado, de onde segue em marcha festiva pela cidade.

Comentários

Últimas notícias