Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

POLÍCIA FEDERAL

Deputado do PL é flagrado com dinheiro atribuído ao 'orçamento secreto'

Parlamentar nega irregularidades e diz que dinheiro é declarado

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 03/12/2021 às 15:06
Notícia
Reprodução
Deputado Federal Josimar de Maranhãozinho - FOTO: Reprodução
Leitura:

Considerado um dos caciques do Partido Liberal, que nesta semana teve Jair Bolsonaro e Flávio Bolsonaro entre seus mais novos filiados, Josimar Maranhãozinho foi flagrado pela Polícia Federal com maços de dinheiro. De acordo com os investigadores, o montante teria origem no orçamento secreto.

As imagens teriam sido capturadas no escritório do parlamentar em outubro de 2020, mas só foram reveladas nesta sexta-feira (3) pela revista Crusoé. Ele é ex-prefeito do município de Maranhãozinho e pré-candidato ao Governo do Maranhão.

Em seu Instagram, o parlamentar negou irregularidades. Ele citou sua atuação como empresário pecuarista e alegou que adversários tentam agredir sua imagem e honra. "Postaram imagens adquiridas ilegalmente, de um inquérito sigiloso. (...) Já estamos provando, desde o ano passado(...) a origem das nossas propriedades, pois tudo que temos é declarado, inclusive esse dinheiro que está em espécie no meu escritório".

Apesar da divulgação das imagens, somente ações de busca e apreensão foram adotadas até o momento. O parlamentar segue no mandato.

Josimar faz parte de duas investigações em trâmite no Supremo Tribunal Federal sobre um possível esquema de compra e venda de emendas parlamentares na Câmara dos Deputados.

Neste ano, ele já foi alvo de duas ações da Polícia Federal. Desta vez, as autoridades tentaram colher provas de uma possível participação de Josimar num esquema de desvio de dinheiro proveniente de verbas federais para a saúde e obras públicas.

Comentários

Últimas notícias