licitações

Câmara do Recife aplaude João Campos por cancelar licitação de galpões no Cabo

Objetivo era cria saia-justa entre João Campos e Geraldo Julio

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 06/12/2021 às 17:51
Leitura:

Em um lance inusitado, em sessão desta segunda-feira, a Câmara Municipal do Recife aprovou um requerimento de autoria do líder da bancada de oposição na Casa José Mariano, vereador Renato Antunes (PSC), concedendo um voto de aplauso ao prefeito João Campos.

O voto foi aprovado por unanimidade e a a “honraria” concedida ao atual chefe do executivo municipal aconteceu depois de desfazer atos administrativos do seu antecessor, Geraldo Júlio, quanto à compra de galpões para almoxarifado, no Cabo.

O voto de aplauso teve apoio de toda base governista e foi interpretada pro alguns como uma crítica ao atual Secretario de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, o ex-prefeito do Recife Geraldo Júlio. Foram 31 votos, todos a favor. Oito vereadores não estiveram presentes.

“O cancelamento desta licitação absurda, assinada por Geraldo Julio nos últimos dias da sua gestão no Recife, merecia um voto de aplauso do legislativo municipal. João demonstra, que parece ter mudado o CPF da Prefeitura do Recife ao tornar sem efeito essa compra abusiva, que foi denunciada, e ia trazer sérios prejuízos ao erário publico. A atual gestão reconhece que a compra feita pelo seu antecessor feria os bons costumes e os princípios da administração pública. Isso já é um grande avanço”, disse Renato.

"O cancelamento da compra ocorreu por conta da fiscalização dos poderes e da sociedade no uso do dinheiro público. Essa licitação que denunciamos em dezembro de 2020 está sem efeito e o Recife economiza R$ 12,8 milhões que poderão ser utilizados em educação, em saúde. Isto é fruto de denúncias, de vários questionamentos e da pressão da sociedade e dos cidadãos que não aceitam ver seu dinheiro suado sendo usado para qualquer coisa”, afirmou o vereador.

Comentários

Últimas notícias