Novo modelo

João Campos assina contrato com BNDES para concessão de seis parques no Recife à iniciativa privada

A modelagem estabelecida na capital pernambucana servirá de base para que o BNDES replique em outras cidades brasileiras

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 15/12/2021 às 5:25
PCR/Divulgação
Acordo no papel - FOTO: PCR/Divulgação
Leitura:

Conforme o blog de Jamildo antecipou em outubro e na segunda-feira, a prefeitura do Recife contratou o  o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para auxiliar a gestão municipal no projeto de privatização (ou concessão administrativa) de vários parques municipais.

PCR/Divulgação
Acordo no papel - PCR/Divulgação
 

O contrato foi assinado nesta terça-feira, em Brasília, com a presença do prefeito.

Campos depois comentou nas redes.

Redes sociais
A preocupação do prefeito foi esclarecer que não haverá cobrança de ingressos com as concessões - Redes sociais

A contratação do banco do Governo Federal, por inexigibilidade de licitação, visa a concessão à iniciativa privada dos Parque Capibaribe; Parque da Jaqueira; Parque Santana; Parque do Caiara; Parque Urbano da Macaxeira; e Parque Dona Lindu.

O objetivo é a "estruturação e modelagem de projetos de concessão de serviços de apoio à visitação, à revitalização, à modernização, à operação e à manutenção dos serviços turísticos nos Parques".

O custo da contratação, segundo o edital, será de R$ 2.465.000,00 (dois milhões quatrocentos e sessenta e cinco mil reais).

Na Prefeitura, a inexigibilidade está sendo conduzida pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.

 

Comentários

Últimas notícias