Candidato a deputado federal

Pedro Campos aparece em evento de prefeitos no Campo das Princesas

Novo representante do clã Campos vai ser lançado para ocupar as bases eleitorais de João Campos

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 29/12/2021 às 16:58 | Atualizado em 29/12/2021 às 18:06
Palácio/Divulgação
Nome do jovem político é uma das apostas do PSB para as eleições de 2022 - FOTO: Palácio/Divulgação
Leitura:

O governador Paulo Câmara firmou convênios e anunciou ações de infraestrutura e desenvolvimento urbano em municípios pernambucanos. Ele esteve reunido com prefeitos na manhã desta terça-feira (28.12) para definir as obras no âmbito do Plano Retomada, mas uma cena que chamou atenção foi a presença do candidato a deputado federal pelo PSB Pedro Campos, irmão do prefeito João Campos.

O comunicado oficial do evento não chegou a citar sua presença, mas ele trabalha hoje em dia na Seplag.

Além dos prefeitos das cidades beneficiadas, estiveram presentes os secretários estaduais Tomé Franca (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos) e Rodrigo Novaes (Turismo e Lazer); o deputado federal Danilo Cabral; o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Eriberto Medeiros; e os deputados estaduais Aglailson Victor, Aluísio Lessa, Diogo Moraes, João Paulo Costa, Simone Santana e Guilherme Uchoa Júnior.

O governador Paulo Câmara esteve reunido com prefeitos de municípios pernambucanos de Jupi (Agreste Meridional), Itapetim (Sertão do Pajeú), Ribeirão (Mata Sul), Sertânia (Sertão do Moxotó), Ipubi (Sertão do Araripe), Lagoa do Carro (Mata Norte) e Brejão (Agreste Meridional).

Além dos sete municípios, o governador também liberou cerca de R$ 5,5 milhões para Petrolândia (Sertão de Itaparica), Bom Conselho (Agreste Meridional), Agrestina (Agreste Central) e Chã Grande (Mata Sul) para serviços de pavimentação, também dentro do Plano Retomada. Em Petrolândia, Agrestina e Bom Conselho, o aporte será feito por meio de licitação. A abertura das propostas de empresas interessadas na concorrência deve ocorrer ao longo do mês de janeiro e a previsão é de que os trabalhos sejam iniciados ainda no primeiro semestre de 2022. Chã Grande receberá os recursos por meio de convênio com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Comentários

Últimas notícias