Informações e dicas para cuidados do seu bicho de estimação, seja ele um gato, cachorro, pássaro ou peixe de aquário, além de dicas de alimentação, adestramento, saúde e outros serviços
Meu Pet

Fique por dentro das novidades do mundo pet e confira as melhores dicas para cuidado de gatos, cachorros e outros bichinhos de estimação

Pets

PETS: 4 passos essenciais que você precisa seguir antes de adotar um gato

Saiba como receber um gatinho em casa da melhor maneira

Lívia Almeida
Cadastrado por
Lívia Almeida
Publicado em 19/05/2022 às 20:00 | Atualizado em 19/05/2022 às 20:03
Reprodução
Confira as nossas dicas - FOTO: Reprodução
Leitura:

Adotar um gato pode trazer muita felicidade para o seu lar, mas é muito importante se organizar para recebê-lo da melhor forma possível. 

Tem dúvida de como deve se preparar para esse momento? Confira abaixo nossas 4 dicas de passos essenciais para seguir antes de trazer um gatinho para casa.

01. Tenha comprometimento com o bem-estar do animal

A adoção de um animal envolve vários fatores. Será que você terá paciência para cuidar de um bichinho indefeso nesse momento da sua vida? Você tem tempo disponível para ficar com ele e fazer uma transição tranquila entre o último lugar onde ele estava e seu lar?

Além da parte emocional, cuidar de um gato também envolve esforços financeiros. Afinal, é uma vida que vai depender de você durante anos e que precisa de ração, veterinário, entre outros. Então, antes de tudo, avalie esses aspectos.

02. Encontre um veterinário de confiança

Outro passo muito importante é encontrar um profissional competente para cuidar da saúde do seu gato. Que tal pedir indicação para pessoas de confiança que também tem animais? Assim, fica mais fácil descobrir um bom médico de primeira.

03. Prepare a sua casa

Se você tem varanda ou muitas janelas em casa, o ideal é que elas sejam teladas para que seu gato não escape e fique exposto aos perigos da rua. Tente não deixar muitos objetos quebráveis ao alcance do felino.

A caixa de areia para ele fazer as necessidades também é essencial. Se você estiver adotando um filhote, eles adoram brincar, então, garanta pelo menos alguns brinquedos para deixá-lo entretido.

Os arranhadores também são uma boa pedida, pois o felino podem se acostumar com o mesmo e não buscar afiar as unhas em lugares como sofás. Caixas de papelão e nichos/torres de gatos também costumam deixar os bichinhos bastante ativos e felizes.

04. Os gatos gostam de socializar, mas não ultrapasse seus limites

Os gatos tem fama de antissociais, mas isso não é bem verdade: eles podem se apegar e serem tão afetuosos com seus donos quanto os cachorros.

O pensamento de que é ok deixar um gato sozinho durante dias por ele não sentir necessidade de contato e afeto não condiz com a realidade de todos os felinos. Pode até ser verdade para alguns, mas outros podem até ficar depressivos se deixados sozinhos durante longos períodos de tempo. Então, o ideal é que isso não aconteça.

Mas também é importante reconhecer os sinais que eles passam. Normalmente, os gatos deixam bem claro quando querem brincar, quando precisam de carinho ou quando querem apenas ficar sozinhos. Respeitar os limites impostos por eles vai fazer com que, com o tempo, o laço entre vocês fique ainda mais forte.

Comentários

Últimas notícias