Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
Curiosidade

'Peixe-vampiro' da era dos dinossauros é visto pela primeira vez em 20 anos

Um guia turístico australiano viu 6 dessa espécie de uma só vez

Maria Luísa Fernandes
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 27/10/2021 às 14:44 | Atualizado em 27/10/2021 às 14:44
Reprodução/Pen News/Sean Connolly
'peixe-vampiro' é visto pela primeira vez em 20 anos - FOTO: Reprodução/Pen News/Sean Connolly
Leitura:

Fazia 20 anos que o "peixe-vampiro" não era visto, mas essa semana, um guia turístico australiano avistou não só um da espécie, mas sim seis de uma só vez. O "peixe-vampiro" tem esse nome por ter uma boca cheia de dentes e por sugar o sangue de suas presas. Essa espécie existe antes mesmo da era dos dinossauros. 

Sean Blocksidge, de 49 anos, trabalha como guia turístico em Margaret River, localizado na Austrália. Ele contou ao The Mirror que já havia escutado boatos sobre lampreias - nome da espécie - estarem migrando para as cachoeiras locais, mas que nunca havia visto nenhuma.

Segundo o guia turístico, ele estava em uma cachoeira fazendo o seu trabalho quando olhou para a água e viu um "tubo azul bem grande", na parte rasa. Ele conta que achou tudo aquilo muito estranho, já que as pessoas que visitam o local não costumam jogar lixos nas águas. "Eu olhei mais de perto e acabei descobrindo mais meia dúzia de 'tubos azuis'. Eram lampreias", contou Sean em entrevista ao The Mirror.

O homem declarou aquele momento como o seu "dia de sorte", já que desde jovem costumava escutar histórias sobre essa espécie. E por estar todos os dias no rio com uma canoa, esperava encontrar uma lampreia. Mas Sean não foi o único a se emocionar com a aparição do "peixe-vampiro". O grupo de turismo que também estava no local ficaram comovidos ao ver criaturas tão raras. 

"Quando expliquei a história das lampreias, eles rapidamente perceberam a importância daquele momento", contou o guia.

Comentários

Últimas notícias