Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Eleições

Vivendo 'panela de pressão', Sport tem reunião do conselho para definir como será escolha de novo presidente; veja cenários

Na pauta da reunião está o formato da escolha do novo mandatário: se de maneira direta, com escolha dos sócios, ou indireta, com os conselheiros escolhendo o novo presidente.

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 22/06/2021 às 9:47
Notícia
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Milton Bivar foi reeleito presidente do Sport para o biênio 2021-2022 - FOTO: TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

Acontece nesta terça-feira (22), às 19h30, de forma remota, a reunião do Conselho Deliberativo do Sport para definir como será escolhido o novo presidente do clube.

A pauta será apenas uma: como será o formato da eleição. Se, de maneira direta, com os sócios escolhendo o mandatário em Assembleia Geral, ou indireta, com os conselheiros do Leão definindo o novo gestor. 

LEIA TAMBÉM:

Veja a carta de renúncia de Milton Bivar da presidência do Sport

Em ação conjunta, Nelo Campos e Delmiro Gouveia entram na Justiça em busca de eleição direta no Sport

Desde a renúncia oficial de Milton Bivar, no dia 15 deste mês, Pedro Lacerda, presidente do Conselho Deliberativo, assumiu o cargo de vice-presidente provisório após reunião entre conselheiros.

Até então, havia sido definido que a escolha do novo presidente aconteceria dentro de 90 dias, o que vai de encontro ao estatuto rubro-negro, que prevê que a questão seja resolvida em 15 dias.

No prazo ou não, os concorrentes ao último pleito se posicionaram de maneira favorável à eleições diretas. O próprio Milton Bivar foi um dos defensores desta via, como disse em entrevista à Rádio Jornal.

"Quero tranquilizar a torcida rubro-negra: na próxima eleição do Conselho, será marcado eleições diretas para 15 dias, o que é o correto. Esse pessoal que está lá ama o clube como qualquer rubro-negro. Ninguém está querendo, como se aproveitaram para falar que é golpe, ninguém está querendo nada disso", afirmou.

Nelo Campos e Delmiro Gouveia, que também concorreram na última eleição, chegaram a entrar na justiça pedindo eleições diretas e que o estatuto fosse cumprido.

"Não desistirei do Sport! Diante de tanta abusividade praticada nesses últimos dias, só nos restou recorrer ao Judiciário para buscar, sempre, o melhor para o nosso clube. A ação foi ajuizada, usando meu nome e o de Delmiro (Gouveia), nesse momento, mas representa todos os sócios indignados", afirmou Nelo Campos.

Nas redes sociais, todas as torcidas organizadas do Sport emitiram uma nota pedindo transparência e eleições diretas.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Comentários

Últimas notícias