Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Copa América

Brasil perde Copa América e Messi conquista primeiro título pela Argentina

Gol do título argentino foi marcado pelo atacante Di Maria.

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 10/07/2021 às 22:55
Notícia
AFP
Argentina venceu a Copa América 2021 - FOTO: AFP
Leitura:

Com gol de Di Maria, a Argentina venceu o Brasil por 1x0, no Maracanã, na noite deste sábado (10) e conquistou a Copa América 2021. O título marcou o fim do jejum de 28 anos dos argentinos sem levantar um título. Outro tabu quebrado foi o do craque Lionel Messi, que nunca havia ganho um troféu vestindo a camisa do seu país. Ele também foi eleito o melhor jogador da competição.

Sucesso de audiência, a final e todas as outras partidas da competição foram transmitidas com exclusividade pela TV Jornal/SBT.

RUDY TRINDADE
Lucas Paquetá durante partida entre Argentina X Brasil válida pela final da Copa América 2021 no estádio do Maracanã, zona norte da cidade, neste sábado (10/07). - RUDY TRINDADE

O Jogo:

Pela primeira vez em quase um ano e meio, o Brasil voltou a ter torcedores no estádio. A Conmebol disponibilizou 4.400 ingressos para pessoas já vacinadas contra a Covid-19, mas os brasileiros presentes no Maracanã não tiveram uma boa primeira impressão deste retorno. 

O Brasil foi melhor no primeiro tempo, porém não conseguiu apresentar o bom futebol que o fez chegar invicto à decisão. Os argentinos abusaram de faltas pesadas (10 apenas na etapa inicial), o que acabou picotando a partida e impedindo o time do técnico Tite de ter mais intensidade e volume de jogo.

Nos cinco chutes a gol que teve nos primeiros 45 minutos, todos foram travados ou atrapalhados pela defesa argentina. O time liderado por Messi também arriscava de longe, sem conseguir entrar na grande área brasileira com jogadas construídas. O gol que abriu o marcador saiu de uma ligação direta. Ainda no campo defensivo, o meia De Paul lançou para Di Maria e o atacante do PSG contou com falha de Renan Lodi para dar um lençol em Ederson e balançar as redes.

Com a desvantagem no placar, Tite não demorou para mexer na equipe. Aos 15 da segunda etapa, visando mais ofensividade, colocou Gabriel Barbosa, Roberto Firmino e Vinicius Jr. As mudanças surtiram efeito e o Brasil passou a dominar as ações do jogo. Mas não foi suficiente.

Com o resultado a seu favor, os argentinos se fecharam e fizeram rodízio de faltas em Neymar. Sem o brilho da sua principal estrela, o Brasil de Tite conheceu a apenas a sua quinta derrota em cinco anos, mas que custou a festa dos argentinos em pleno Maracanã. A comemoração teve gosto especial pelo fato dos "hermanos" dedicarem o 15º título da Copa América à Diego Maradona, que faleceu no ano passado.

Ficha do Jogo:

Brasil: 0 - Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi (Emerson); Casemiro, Fred (Roberto Firmino) e Lucas Paquetá (Gabriel Barbosa); Neymar, Richarlison e Everton Cebolinha (Vinicius Jr). Técnico: Tite.

Argentina: 1 - Emiliano Martinez; Montiel, Otamendi, Romero (Pezzella) e Acuña; Paredes (Guido Rodríguez), De Paul, Di Maria (Palacios) e Lo Celso (Tagliafico); Messi e Lautaro Martínez. Técnico: Lionel Scaloni.

Local: Maracanã, Rio de Janeiro.

Horário: 21h

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)

Assistentes: Carlos Barreiro e Martín Soppi (ambos URU)

Gols: Di Maria, aos 21 do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Fred, Marquinhos e Renan Lodi (Brasil); Paredes, Lo Celso, Otamendi, Montiel e De Paul (Argentina)

GLEDSTON TAVARES
Di Maria,durante a partida entre Argentina e Brasil, válida pela final da Copa America 2021, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, dia 10/07/2021. - FOTO:GLEDSTON TAVARES
RUDY TRINDADE
Lucas Paquetá durante partida entre Argentina X Brasil válida pela final da Copa América 2021 no estádio do Maracanã, zona norte da cidade, neste sábado (10/07). - FOTO:RUDY TRINDADE

Comentários

Últimas notícias