Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

HOMEM-GOL

Em chegada no Náutico, atacante dispensa comparações: "Eu venho para ser o Caio Dantas"

Caio chega ao Náutico para ser o substituto de Kieza, fora do restante da temporada por causa de uma lesão

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 03/08/2021 às 20:56
Notícia
TIAGO CALDAS/CLUBE NÁUTICO CAPIBARIBE
Caio Dantas foi o artilheiro da Série B de 2020, quando atuou pelo Sampaio Corrêa. - FOTO: TIAGO CALDAS/CLUBE NÁUTICO CAPIBARIBE
Leitura:

Apresentado à imprensa nesta terça-feira (3), o atacante Caio Dantas deu suas primeiras palavras como jogador do Náutico. Ele é o nome que chega para substituir o também atacante Kieza, que teve uma ruptura do tendão de Aquiles, passou por cirurgia e não joga mais nesta temporada. Com essa responsabilidade de assumir o papel de homem-gol do Timbu, Caio preferiu evitar as comparações e frisou: "Eu venho para ser o Caio Dantas". 

Mas a aposta do Náutico em Caio para a posição não é à toa. Ele foi o artilheiro da Série B do Campeonato Brasileiro de 2020, com 17 gols marcados, quando atuava pelo Sampaio Corrêa. O jogador chegou a deixar o clube maranhense faltando cinco rodadas para o fim da Segundona, por ter acertado com o Guangzhou da China. Entretanto, Caio não chegou nem a desembarcar no oriente, já que não conseguiu o visto e ficou pelo Brasil - o atleta afirmou que não conseguiu o visto por questões políticas e que outros jogadores brasileiros também não conseguiram, mas não deu maiores detalhes. 

"Kieza é um grande jogador, fez grandes trabalhos por onde passou e aqui no Náutico não foi diferente, mas eu venho para ser o Caio Dantas. Venho para fazer o meu trabalho, dar o meu melhor para ajudar o clube e espero render à altura", disse. 

Com a ida à China frustrada, Caio ficou sem clube por cerca de cinco meses. Segundo o jogador, nesse período ele manteve a forma física treinando no Água Santa, um clube da região de Diadema, em São Paulo. Apesar disso, naturalmente ele está sem ritmo de jogo e pode não ser acionado pelo técnico Hélio dos Anjos já no próximo compromisso do Náutico.

 "Eu vinha mantendo minha forma física, treinando no Água Santa, com os profissionais de lá. É claro que ainda falta um pouco de ritmo de jogo. Querendo ou não é muito tempo sem jogar, mas é jogando que eu vou recuperando a minha forma ideal", afirmou. O Timbu volta a jogar no próximo sábado (7), às 16h30, no estádio dos Aflitos, pela 16ª rodada da Série B, contra o Confiança. 

 

Comentários

Últimas notícias