Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Ilha do Retiro

Com direito a lei do ex, Sport sofre gol no início, não consegue reagir e perde para o Internacional pelo Brasileirão

O duelo foi válido pela 20ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 13/09/2021 às 22:01
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Mikael conseguiu explodir a trave do Internacional, mas não balançou as redes - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O Sport conheceu a primeira derrota sob o comando do técnico paraguaio Gustavo Florentín. O Leão perdeu por 1x0 para o Internacional, nesta segunda-feira, na Ilha do Retiro, em partida válida pela 20ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado logo no início da partida, aos três minutos, pelo meia Patrick, ex-Sport. 

LEIA MAIS

Mailson recebe homenagem antes do jogo entre Sport x Internacional; veja

Veja as escalações de Sport x Internacional e a transmissão da Rádio Jornal

Com a desvantagem desde o início do confronto, o Leão não conseguiu reagir e amargou a nona derrota no Brasileirão. Assim, continua na vice-lanterna e possui os mesmos 18 pontos. O São Paulo é o primeiro time fora da degola, tem cinco a mais e um duelo a menos. 

O próximo jogo do Sport acontece no sábado, às 19h, contra o líder Atlético-MG, no Mineirão. A última vitória rubro-negra aconteceu no dia 1º de agosto, por 1x0, em cima do Bahia, fora de casa. O Leão ainda não venceu com Gustavo Florentín: um empate (Athletico-PR) e uma derrota (Internacional).

O JOGO

A estratégia do Sport foi por água abaixo rapidamente. Mesmo com três zagueiros e dois volantes, o Leão foi facilmente vazado pelo Internacional. Aos três minutos, após boa troca de passes, Yuri Alberto apareceu pelo lado direito e cruzou para Patrick, livre na pequena área, escorar para o fundo do gol. Mais uma vez, a "lei do ex" entrando em ação contra o Leão.

Com o gol no início da partida, o time gaúcho ficou mais cauteloso em campo e esperou um vacilo do Sport. O que não aconteceu. Mas também não existiu uma evolução do Leão. Os jogadores rubro-negro estavam muito dispersos em campo. Com dois centroavantes e o meia Everton Felipe na frente, a equipe leonina pouco conseguiu produzir. 

Mesmo assim, o Sport ainda conseguiu levar perigo em um lance isolado com André. O centroavante, que até o momento não conseguiu repetir as boas atuações de outras temporada pelo Leão, explodiu o travessão de Daniel. Do outro lado, o Internacional foi um reflexo da grande oscilação na temporada e da metodologia mais defensiva do treinador Diego Aguirre. 

Nenhuma descrição disponível.

Depois do intervalo, Florentín corrigiu o erro que cometeu em não repetir a boa formação que empatou com o Athletico-PR na rodada anterior. Sabino saiu com dores na coxa e Paulinho Moccelin foi acionado. A substituição gerou mais profundidade ao time rubro-negro e o Leão começou a frequentar mais o campo ofensivo.

Precisando do empate, o Sport partiu para o ataque e, consequentemente, ficou mais vulnerável. Tanto que gerou um grande contra-ataque para o adversário. Guerrero saiu na cara de Mailson, mas bateu em cima do goleiro. A resposta do Leão aconteceu em uma bola alçada na área. Sander levantou e Mikael, de cabeça, obrigou Daniel a fazer grande defesa.

Nos últimos minutos, na base do tudo ou nada, o time rubro-negro parou na trave de novo. Acionado na reta final, Tréllez recebeu cruzamento pelo lado direito e com categoria, de chapa, mandou no poste, dentro da grande área. Apesar da pressão do Sport, não teve jeito. O Internacional conseguiu segurar a vantagem e faturar os três pontos.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Comentários

Últimas notícias