Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Mineirão

Inofensivo, Sport perde para o Atlético-MG, segue na vice-lanterna, e aumenta jejum no Brasileirão

O duelo foi válido pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 18/09/2021 às 21:20
Notícia
VIVIANE MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO
O paraibano Hulk marcou o segundo gol do Atlético-MG em cima do Sport - FOTO: VIVIANE MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO
Leitura:

O Sport perdeu mais uma partida na Série A do Campeonato Brasileiro. O Leão foi facilmente derrotado por 3x0 pelo Atlético-MG, neste sábado, no Mineirão, em partida válida pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. E podia ter vaga para mais. Os gols foram marcados pelos atacantes Diego Costa, Hulk e Vargas. Mais uma vez, o setor ofensivo do time rubro-negro não produziu e pouco ameaçou o Galo.

LEIA MAIS

Confira as escalações de Atlético-MG x Sport e a transmissão do Escrete na Rede da Rádio Jornal

2000: Lembre como era o mundo na última vitória do Sport em cima do Galo em Minas Gerais

Que fase! Sport perde para o Íbis no sub-20

Thiago Neves posta mensagem enigmática nas redes sociais; veja o que publicou o meia do Sport

Com o resultado, o Sport continuou na vice-lanterna com 17 pontos. O São Paulo é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, tem cinco a mais e dois jogos a menos. O próximo jogo do Leão acontece no outro domingo (26), contra o Fortaleza, às 18h15, na Ilha do Retiro.

O JOGO

Como era esperado, o Sport começou com bastante precaução. Já o Atlético-MG avançou bastante a equipe, pressionou e colocou o Leão todo no campo de defesa. Tanto que os zagueiros do Galo estavam jogando na linha do meio-campo. Dessa maneira, o time rubro-negro apostou em rápidos contra-ataques.

A primeira grande oportunidade do jogo foi do Atlético-MG. Zaracho fez grande jogada pela ponta esquerda e mandou na trave. A bola desviou em Mailson, passou em cima da linha e a defesa rubro-negra afastou o perigo. A resposta do Leão aconteceu rapidamente na bola parada.

>> Perda milionária com a pandemia, risco de punição na CNRD, dívidas e receitas; vice-presidente do Sport traça um panorama das finanças do clube

Em falta pelo lado esquerdo, Hernanes cobrou e obrigou Everton a fazer grande defesa. Mas, com esse timaço, é difícil segurar o Atlético-MG. Hulk avançou pela direita, passou Sander, só que não conseguiu finalizar cruzado na linha de fundo. 

Depois, foi a vez de Diego Costa perder grande a oportunidade. Ele recebeu cruzamento de Keno pelo lado esquerdo de ataque, chegou antes de Mailson e mandou de cabeço perto do gol. Em seguida, a defesa do Leão cedeu espaço para Hulk e ele mandou um chutaço para grande defesa de Mailson.

Nenhuma descrição disponível.

Só que já diria o ditado: água mole, pedra dura, tanto bate até que fura. Aos 34 minutos, Arana foi até a linha de fundo pela esquerda e levantou a bola para Diego Costa. Sabino não acompanhou e o centroavante subiu sozinho para estufar as redes de cabeça.

No fim do primeiro tempo, o Galo ainda aumentou a vantagem em cima do Sport. Hayner errou na saída de bola, Arana aproveitou o vacilo e tocou para Hulk dentro da grande área. O atacante dominou, virou e bateu com força de esquerda. Mailson quase defendeu, mas a bola foi parar no fundo do gol.

Depois do intervalo, o jogo ficou morno. Isso porque o Atlético-MG administrou a vantagem e não deixou o Sport atacar. Não à toa, de forma mais devagar, conseguiu criar oportunidades. Primeiro com Zaracho, na pequena área, e depois com Arana em chute de fora da área. 

>> Uniformizada pressiona elenco do Sport no embarque para Belo Horizonte; veja o vídeo

Com o controle da partida, o técnico Cuca começou a poupar os principais jogadores, como Hulk e Diego Costa. Mesmo assim, não diminuiu o ímpeto do Galo. Tanto que Sasha e Vargas entraram e logo desperdiçaram oportunidades dentro da grande área.

Na única jogada que encaixou, Thiago Neves balançou a rede, mas o garçom André estava em posição irregular. Quando o atacante conseguiu estufar as redes também, o impedimento foi assinalado novamente. Nem mesmo a entrada dos dois jogadores melhor o desempenho ofensivo do Sport. Segue o Leão com problema ofensivo e sem conseguir marcar. 

O Sport foi tudo ou nada e cedeu com facilidade o contra-ataque para o Atlético-MG. Com qualidade, o Galo não desperdiçou. Vargas recebeu passe na entrada da grande área e chutou alto. A bola bateu no braço direito de Rafael Thyere. Pênalti, que depois da avaliação do VAR, aos 53 minutos, o próprio Vargas bateu no ângulo.

FICHA DO JOGO - ATLÉTICO-MG 3X0 SPORT

Atlético-MG - Everson; Guga, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana (Dodô); Allan (Nathan), Tchê Tchê e Zaracho; Hulk (Vargas), Diego Costa (Eduardo Sasha) e Keno (Nacho Fernández). Técnico: Cuca.

Sport - Maílson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Marcão Silva (Leandro Barcia), Hernanes (Ronaldo Henrique) e Everton Felipe (Thiago Neves); Paulinho Moccelin, Tréllez (André) e Mikael (Everaldo). Técnico: Gustavo Florentín.

Local: Mineirão, Belo Horizonte-MG. Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP). Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP). Gols: Diego Costa, aos 34', e Hulk, aos 45' do 1ºT. Vargas, aos 53', do 2ºT. Cartões amarelos: Allan e Tchê Tche (Atlético-MG). Tréllez, Paulinho Moccelin e Rafael Thyere (Sport).

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Comentários

Últimas notícias