Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Eliminatórias

Em partida agitada e marcada por interferências do VAR, Brasil empata com o Equador pelas Eliminatórias

Dois jogadores foram expulsos e dois pênaltis do Equador foram anulados pelo árbitro Wilmar Roldan

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 27/01/2022 às 20:10
AFP
Expulsões, interferência do VAR, pênalti anulado. Teve de tudo em Equador x Brasil - FOTO: AFP
Leitura:

Em partida agitada, marcada por expulsões e muita participação do VAR, o Brasil empatou com o Equador em 1x1, na noite desta quinta-feira (27), em Quito, em partida válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Os gols da partida foram marcado por Casemiro e Félix Torres. Com classificação para o Catar já garantida, a partida da seleção de Tite tinha tudo para ser tranquila. O que se viu, no entanto, foi um festival de situações inusitadas.

> Equador x Brasil: "Pensei que ia ter um remake da Batalha dos Aflitos", diz comentarista do SporTV após série de expulsões

> Equador x Brasil: Open bar de cartão vermelho! Três jogadores são expulsos em 10 minutos; veja os lances

EXPULSÃO DO GOLEIRO DOMINGUÉZ, DO EQUADOR

Três jogadores acabaram sendo expulsos num intervalo de 10 minutos. O primeiro foi o goleiro equatoriano Dominguéz, após entrada dura no atacante Matheus Cunha. Cinco minutos depois, foi a vez do zagueiro brasileiro Emerson Royal, que levou o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo.

O último foi o goleiro Alisson, que teve um lance parecido com o arqueiro adversário, atingindo o rosto de Estradas. O VAR, no entanto, chamou o árbitro Wilmar Roldan e o colombiano anulou o cartão vermelho.

> Equador x Brasil: Veja como ficou o pescoço de Matheus Cunha após chute no pescoço

> Equador x Brasil: Casemiro marca o quinto gol dele pela seleção brasileira; confira

EXPULSÃO DO ZAGUEIRO EMERSON ROYAL, DO BRASIL

Já no segundo tempo, logo aos três minutos, a Colômbia chegou a empatar o jogo, mas o bandeirinha marcou a saída de bola pela linha de fundo no lance. Aos nove minutos, Estupiñán driblou Daniel Alves na área e cai após tentar passar por Raphinha. Roldan assinalou a penalidade máxima, mas após consultar o VAR, anulou o tiro livre.

Aos 29, o gol enfim valeu, desta vez com Félix Torres, empatando o duelo em 1x1. Já nos acréscimos, uma cereja no bolo de lambanças do árbitro Wilmar Roldan. O juiz marcou pênalti para o Equador e expulsou o goleiro Alisson pela segunda vez. Adivinha quem voltou a aparecer? O VAR. Lance anulado e fim de jogo.

Comentários

Últimas notícias