Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

FUTEBOL PERNAMBUCANO

Alexandre Mirinda lança chapa de candidatura a presidente da FPF; confira propostas e apoiadores

Foi lançada, na noite desta quarta-feira (30), a candidatura de Alexandre Mirinda à presidência da Federação Pernambucana de Futebol (FPF)

Gabriel Neukranz
Gabriel Neukranz
Publicado em 31/03/2022 às 11:57 | Atualizado em 19/04/2022 às 14:33
Divulgação
Ricardo Rocha (E) declarou apoio à candidatura de Alexandre Mirinda (D) à presidência da Federação Pernambucana de Futebol (FPF). Encontro aconteceu em evento de lançamento da chapa nesta quarta-feira (30). - FOTO: Divulgação
Leitura:

Foi lançada, na noite desta quarta-feira (30), a candidatura de Alexandre Mirinda à presidência da Federação Pernambucana de Futebol (FPF). O empresário e desportista contou com a presença de políticos, ex-atletas, empresários e personalidades no evento.

“Não é um projeto pessoal. Eu fui procurado por desportistas de vários clubes pernambucanos, todos eles entendendo que precisava ser mudado o comando da nossa Federação. Eu não tenho nada contra o atual presidente Evandro, ele sempre me atendeu com muita decência, com muito respeito, mas ele não é do ramo do futebol, aconteceu que com a morte de Carlos Alberto Oliveira, e ele como primeiro vice-presidente acabou se tornando presidente da maior paixão do pernambucano que é o futebol”, declarou na abertura.

Em Olinda, no restaurante Boi e Brasa, compareceram figuras como  tetracampeão mundial Ricardo Rocha, o ex-jogador de futebol Chiquinho, o presidente do Santa Cruz, Antônio Luiz Neto, o deputado Federal Augusto Coutinho, o deputado estadual Aluísio Lessa, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol de Salão, Luiz Cláudio, o vice-prefeito de Olinda, Márcio Botelho, o ex-árbitro FIFA, Wilson Souza e os prefeitos de Paulista e de Olinda, Yves Ribeiro e Professor Lupercio, que declararam apoio à chapa de Mirinda.

A queda de Pernambuco do ranking de clubes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também foi destacada por Mirinda, que responsabilizou o atual presidente da FPF pela situação.   

“Ele não tem aptidão para comandar uma Federação. A Federação Pernambucana que já foi a terceira do país, hoje está em 12º lugar. E não é Mirinda quem está falando isso, mas sim o próprio ranking da CBF”, afirmou o candidato.

Propostas

Fortalecimento do futebol de várzea

“Nossos clubes já tiveram grandes atletas revelados em times de várzea. Vamos fortalecer essas ligas. É ali que está a matéria-prima do nosso futebol, abastecendo as equipes com os jogadores que vão surgir dessas competições. Quero um coordenador dos clubes e times de várzea em cada região do nosso Estado. É necessário dar voz e vez para essas pessoas e colocá-las dentro da FPF", planejou Alexandre Mirinda.

Capacitação de recursos para os clubes pernambucanos 

Segundo Mirinda, está sendo formada uma equipe especializada com a finalidade de viabilizar a capacitação de recursos via Lei Federal e Estadual de Incentivo ao Esporte e, assim, captar dinheiro para fomentar ligas e clubes amadores e profissionais de Pernambuco. 

Segurança nos estádios

“Nós vamos trabalhar para que Pernambuco volte a ter clubes no cenário nacional de forma positiva e para isso o torcedor precisa estar em campo, torcer e apoiar o seu time. A torcida precisa voltar a se sentir segura nos estádios e no entorno deles em dias de jogos. Por isso esse é mais um dos pontos fortes que será incluído em meu mandato”, concluiu.

Trajetória de Mirinda no futebol

Filho do ex-presidente do América Futebol Clube, José Augusto Moreira, e sobrinho do ex-presidente da FPF, Rubem Moreira, Alexandre Mirinda fundou um clube amador aos 13 anos de idade. Ainda em sua juventude, foi eleito presidente do Estrela de Olinda.

No esporte profissional, Mirinda foi atleta de futsal por Náutico, Santa Cruz e pela Seleção Pernambucana. No Tricolor, acumulou funções além no futebol de salão do clube e no futebol de campo. 

Pelo Santa Cruz, foi atleta, treinador e diretor de futsal; diretor de futebol amador e profissional; presidente do executivo, do legislativo e do patrimonial. Recebeu o título de sócio benemérito do clube pela conquista do Campeonato Pernambucano de 1993.

 

Comentários

Últimas notícias