covid-19

Viagens de ônibus devem seguir orientações da OMS para prevenir coronavírus

Pandemia altera rotina de empresas rodoviárias

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 12/03/2020 às 15:22
Notícia
PAULO DANIEL/JC IMAGEM
Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou que as empresas operadoras de serviços de transporte coletivo rodoviário interestadual de passageiros deverão observar as medidas determinadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de ações para limpeza e desinfecção dos veículos - FOTO: PAULO DANIEL/JC IMAGEM
Leitura:

Devido ao surto do coronavírus, empresas de viagens rodoviárias vêm adotando medidas preventivas sugeridas pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

De acordo com Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati), ela orienta as empresas associadas a seguirem os protocolos de prevenção contra o Covid-19, recomendados pelo Ministério da Saúde, tanto internamente quanto na prestação de serviço aos passageiros.

>> Ministério da Saúde dobra número de leitos para novo coronavírus

>> Festival de Curitiba é adiado em razão do coronavírus

Empresas de transportes terrestres se colocaram à disposição do Ministério da Saúde para divulgação e adoção de medidas contra a propagação do coronavírus.

A Abrati orienta as empresas que reforcem a higienização dos ônibus, redobrem a atenção quanto à disponibilidade de água e sabão nos sanitários dos veículos e disponibilizem álcool gel em locais de atendimento no embarque.

Gotículas respiratórias

Segundo a OMS, o novo coronavírus se espalha principalmente pelo contato com uma pessoa infectada através de gotículas respiratórias geradas pela tosse ou espirro, que podem ser inaladas ou contaminar as mãos e as superfícies.

>> Cabo Verde Airlines suspende voos por tempo indeterminado após OMS declarar pandemia de coronavírus

>> Coronavírus: escalada de casos em Pernambuco deve ocorrer, mas trabalhamos para postergar, diz infectologista

A OMS considera o Covid-19 como situação pandêmica. Devido aos níveis alarmantes de disseminação, muitos países estão impondo proibições temporárias a viagens a países com grande número de infecções. No Brasil, o Ministério da Saúde confirmou hoje (12|) 60 casos do novo coronavírus.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95. Confira o mapa de casos

Comentários

Últimas notícias