COVID-19

Ministério da Saúde confirma 121 casos confirmados de coronavírus no país

Há 1.496 casos suspeitos e 1.413 já foram descartados

Manuela Figuerêdo Estadão Conteúdo
Manuela Figuerêdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 14/03/2020 às 19:05
Notícia
Nelson ALMEIDA/AFP
A medida está em vigor desde o final de março - FOTO: Nelson ALMEIDA/AFP
Leitura:

Em atualização na plataforma de casos confirmados do novo coronavírus no final da tarde deste sábado (14), o Ministério da Saúde informou que já contabiliza 121 pacientes confirmados para a doença no País. Segundo os dados, há 1.496 casos suspeitos e 1.413 foram descartados. No balanço anterior, havia 98 casos confirmados no Brasil.

Os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro seguem liderando o maior número de infectados, com 65 e 22 pacientes, respectivamente. Em seguida vêm Paraná, Rio Grande do Sul e Distrito Federal, com 6 casos cada; Santa Catarina, com 4, e Goiás, com 3. Depois vêm Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, com 2 casos cada. Rio Grande do Norte, Espírito Santo e Alagoas, registram 1 caso cada um.

De acordo com a plataforma, os municípios do Rio de Janeiro e de São Paulo registram casos de transmissão comunitária, que é quando já não é possível identificar a origem da infecção.

Casos confirmados em Pernambuco

Em coletiva, o governador de Pernambuco informou mais cinco casos confirmados do novo coronavírus em Pernambuco. Ao todo, o Estado possui sete casos da Covid-19 confirmados. São 103 casos notificados, 40 casos descartados, 44 casos em investigação e 12 casos prováveis.

Dos cinco novos casos, quatro são importados e um local. Duas mulheres de 50 e 58 anos e dois homens de 68 e 78 anos, que tem histórico de viagem recente ao exterior. Este último estava no cruzeiro que atracou no Recife na quinta-feira (12). O primeiro caso de transmissão local do vírus no Estado é de uma mulher de 97 anos que permanece em isolamento domiciliar.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o mapa de casos

Comentários

Últimas notícias