Geral

Fraudes no seguro-desemprego são alvo da Polícia Federal no Pará

Os crimes investigados são o estelionato previdenciário, inserção de dados falsos em sistema de informação e organização criminosa.

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 01/12/2020 às 10:26
Divulgação/Polícia Federal
São Paulo/SP- A Polícia Federal deflagrou hoje (29/10) as fases 11 e 12 da Operação Descarte, denominadas SILÍCIO e MACCHIATO, com o cumprimento de 29 mandados de busca e apreensão, nas cidades de São Paulo/SP, Santana de Parnaíba/SP, Vargem Grande Paulista/SP, Jaguariúna/SP, Belo Horizonte/MG, Nova Lima/MG, Machado/MG, Rio de Janeiro/RJ e Porto Alegre/RS. - FOTO: Divulgação/Polícia Federal
Leitura:

Um esquema de fraudes ao seguro desemprego, e outros benefícios sociais no Pará é o alvo da Operação Seguro Fake II, da Polícia Federal, nesta terça-feira (1º).

Foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Belém, a maioria deles relacionados a alvos localizados na cidade de Redenção(PA), sendo um dos mandados cumprido em Palmas(TO).

Ainda segundo a PF, a Justiça determinou também a indisponibilidade de bens de quatro alvos, para fins de ressarcimento dos prejuízos causados à Fazenda Pública, que comprovadamente já ultrapassam o valor R$ 1 milhão.

Os crimes investigados são o estelionato previdenciário, inserção de dados falsos em sistema de informação e organização criminosa.

Últimas notícias