OTIMISMO

Nem só por tragédia foi formado 2020. Relembre as noticias boas deste ano que devem repercutir na história

Para te dar um fôlego de esperança para começar 2021, o JC relembra alguns fatos e conquistas mundiais ou nacionais deste ano que podem mudar os rumos da humanidade

JC
JC
Publicado em 28/12/2020 às 11:13
Notícia
DIVULGAÇÃO
O Reino Unido é um dos países mais afetados pela pandemia, com mais de 120 mil mortos pelo vírus - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

No final de todos os anos, há quem diga que gostou ou não dos últimos doze meses. No entanto, ainda que você tenha conseguido uma promoção no emprego, que tenha formado uma família ou realizado um grande sonho, é unanimidade que 2020 foi marcado por perdas e tristeza em todo o mundo, ainda que a covid-19 não tenha levado nenhum amigo ou ente querido. Por isso, é difícil lembrar das coisas boas que aconteceram para a humanidade, mas acredite: elas existiram. E podem repercutir por toda a história.

Para te dar um fôlego de esperança para começar 2021, o JC te lembra alguns fatos e conquistas mundiais ou nacionais deste ano que podem mudar os rumos da humanidade. Confira:

Vacina em tempo recorde

Em 31 de dezembro de 2019, foi identificado o agente do coronavírus na província de Wuhan, na China, após primeiros casos serem notificados. Menos de um ano depois, países deram início a campanhas de vacinação contra a doença. Antes dele, o imunizante mais rápido já fabricado foi o contra a malária, entre 1953 e 1963.

Fortalecimento da ciência

Justamente por causa da pandemia, a sociedade começou a enxergar ainda mais a importância dos estudos científicos - responsáveis pela criação de medicamentos e imunizantes. Mesmo assim, o ano foi marcado por muitas fakes news e negação à ciência, mas também pela aproximação de pesquisadores à população em geral.

Movimento antiracista

A morte do afro-americano George Floyd por policiais nos Estados Unidos em maio de 2020 fez com que a humanidade voltasse os olhos para um problema antigo: o racismo estrutural. A partir desse e de outros casos de violência contra negros, foram realizados diversos protestos e manifestações ao redor do mundo que pediram pelo fim da discriminação de raça.

Salários iguais para homens e mulheres no futebol brasileiro

Em setembro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou que as premiações para atletas das seleções masculina e feminina serão iguais, em um dos primeiros casos de equiparação salarial no futebol mundial. No ano passado, o salário do futebol feminino brasileiro se equiparava ao da Série C masculina.

Experimento brasileiro deixa paciente livre da Aids

Em julho, pesquisadores brasileiros da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) afirmaram ter conseguido eliminar o HIV do organismo de um paciente soropositivo por meio de medicamentos. O brasileiro foi o primeiro caso em todo o mundo de um paciente que passa a ter o vírus indetectável, e por um longo prazo, depois de tomar um coquetel intensificado de vários remédios contra a AIDS.

Aumento de adoção de animais

A quarentena foi, sem dúvidas, um período muito solitário para muitas pessoas. Para trazer alegria para dentro de casa, o que melhor do que um bicho de estimação? Muita gente concordou com isso, já que, segundo ONGs e protetores de animais, a adoção de pets durante a pandemia cresceu.

Um respiro para a natureza

Foi só as primeiras restrições serem anunciadas para animais de diferentes espécies começarem a tomar os centros urbanos. Os relatos de visitas inesperadas - e muito bem-vindas - de animais são diversos, em todo mundo. Javalis foram avistados em Barcelona, na Espanha, e um puma selvagem desfilou pelas ruas vazias de Santiago, no Chile. No Recife, um cardume gigante de sardinhas apareceu pela primeira vez em nove anos na Bacia do Pina. Acontecimentos que evidenciam o forte potencial de recuperação que guarda o meio ambiente.

 

Queda nas emissões de carbono

As restrições da covid-19 provocaram uma queda inédita das emissões de dióxido de carbono (CO2) no primeiro semestre de 2020, segundo estudo publicado por um grupo de cientistas da China, França, Japão e Estados Unidos no periódico científico Nature Communications. Quando comparadas com o mesmo período do ano passado, as emissões diminuíram em 1,551 milhão de toneladas (8,8%) na primeira metade de 2020, maior queda do que as registradas durante a crise financeira de 2008 e a Segunda Guerra Mundial.

Tecnologia diminuiu distâncias

Com a humanidade confinada pelo medo de um vírus pouco conhecido, foi necessário que a tecnologia se reinventasse para aproximar as pessoas. As videochamadas, mensagens de texto e áudios foram importantes para diminuir as distâncias físicas entre familiares e amigos e também para permitir o trabalho remoto.

Água na Lua

Pela primeira vez, foi confirmada a presença de água confinada no solo lunar. A descoberta foi divulgada em outubro pela Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (Nasa). Isso é importante por que a Nasa está programando enviar a Missão Artemis (a caminho do nosso satélite natural) com a primeira mulher à Lua, em 2024. Assim, é importante saber se há possibilidade de converter as moléculas em água líquida para ser usada já na missão.

Comentários

Últimas notícias