IMUNIZAÇÃO

Vacinas da Índia devem chegar no Rio no final da tarde da sexta-feira (22)

Foram contratadas duas milhões de doses da vacina desenvolvida em da AstraZeneca com a Universidade de Oxford

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 21/01/2021 às 18:54
Notícia
JUSTIN TALLIS/AFP
FABRICAÇÃO Na sexta, Anvisa autorizou registro da vacina no Brasil. Uma etapa da produção é feita no País - FOTO: JUSTIN TALLIS/AFP
Leitura:

As vacinas contra a covid-19 desenvolvidas em parceria entre a AstraZeneca e a Universidade de Oxford devem chegar ao Brasil, vindas da Índia, nesta sexta-feira (22). A informação foi dada pelo Ministério das Comunicações por meio de nota oficial na tarde de hoje (21). Ao contrário do planejado pelo governo na semana passada, as vacinas Oxford/AstraZeneca virão em voo comercial da companhia Emirates. Antes, o Ministério da Saúde planejava buscar as doses em um avião adesivado, que sairia do Recife.

>> Índia irá exportar doses de vacina para o Brasil nesta sexta-feira (22)

>> Avião que sairia do Recife para buscar vacina contra covid-19 na Índia levará oxigênio a Manaus

As doses serão enviadas por meio de um voo comercial da companhia aérea Emirates. A previsão é que a carga chegue ao Rio de Janeiro no fim da tarde de amanhã. O voo da Emirates primeiro pousa no Aeroporto Internacional de Guarulhos, e em seguida a carga será embarcada em outro avião que segue para o Aeroporto Internacional do Galeão. Foram contratadas duas milhões de doses, fabricadas pelo laboratório indiano Serum.

O governo brasileiro tenta desde a semana passada trazer a carga de imunizantes do país asiático. A previsão inicial era que elas estariam aqui no domingo passado (17). Contudo, o governo da Índia recuou e as autoridades brasileiras passaram a dialogar para liberar a carga.

A Índia anunciou nesta semana a exportação de vacinas para seis países, sem incluir o Brasil. Na noite de ontem, o secretário de Relações Exteriores da Índia, Harsh Srhingla, confirmou à Agência Reuters a liberação da exportação.

O presidente Jair Bolsonaro publicou nas suas redes sociais sobre a liberação das exportações da vacina e cumprimentou o ministro das relações exteriores Ernesto Araújo e os servidores do Itamaraty pelo trabalho.

Comentários

Últimas notícias