FLAGRANTE

Jovem é preso após publicação em rede social sobre visita de Bolsonaro a Uberlândia

A polícia considerou a mensagem uma incitação à prática de crime contra a segurança nacional

JC
JC
Publicado em 04/03/2021 às 23:49
Notícia
Alan Santos
(Uberlândia - MG, 04/03/2021) Presidente da República, Jair Bolsonaro durante o desembarque no Aeroporto de Uberlândia . Foto: Alan Santos/PR - FOTO: Alan Santos
Leitura:

Depois de fazer uma publicação referente à visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao município de Uberlândia, no estado de Minas Gerais, um jovem de 24 anos, identificado como João Reginaldo da Silva Júnior, foi preso em flagrante. A Polícia Militar considerou que o rapaz incitou a prática de crime contra segurança nacional ao publicar a seguinte frase: "Gente, Bolsonaro em Udia amanhã... Alguém fecha virar herói nacional?"'

De acordo com boletim de ocorrência da PM, o homem foi preso em casa, após confessar autoria do tuíte. Ele foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal em Uberlândia e depois levado para o Presídio Uberlândia 1, mas foi liberado horas depois, às 18h30, após receber alvará de soltura. 

>> Em discurso, Bolsonaro diz que 'mimimi' e 'frescura' têm que acabar

>> Prefeitos apontam ''sucessivos equívocos do governo federal'' como causa para a falta de vacinas no Brasil

Para localizar e prender João, após a publicação na rede social, a Polícia Militar utilizou seu serviço de inteligência, fazendo o rastreamento e a identificação da postagem. Segundo a corporação, a publicação continha "propaganda e incitação à prática de crimes contra a integridade física e a vida do Exmo. Presidente da República Jair Messias Bolsonaro com promessas de que tais ameaças se concretizariam durante a sua passagem nesta cidade de Uberlândia".

Com pelo menos três respostas em concordância na publicação, a polícia foi a casa das outras três pessoas, mas não as localizou. Mesmo assim, de acordo com a corporação, a investigação irá continuar e eles poderão ser indiciados pelo mesmo crime.

>> Governadores pedem a Bolsonaro providências imediatas para aquisição de novas vacinas contra covid-19

>> "Só se for na casa da tua mãe", diz Bolsonaro sobre pedidos para compra de vacinas contra covid-19

Em depoimento, o rapaz alegou que a publicação não teve conotação de ameaça, mas apenas humor. Além disso, ele negou conhecer as três pessoas que responderam seu tuíte.

Comentários

Últimas notícias