IMUNIZAÇÃO

Pernambuco e mais oito estados entregam à Anvisa pedido de importação da vacina contra covid-19 Sputnik V

Pedido será analisado conforme a resolução que estabelece os requisitos que devem ser cumpridos para autorização excepcional e temporária de importação de medicamentos e vacinas contra a covid-19

Agência Brasil JC
Agência Brasil
JC
Publicado em 01/04/2021 às 22:42
Notícia
SAID KHATIB / AFP
IMUNIZANTE De acordo com a Anvisa, lotes testados carregavam um versão ativa do vírus causador de resfriados - FOTO: SAID KHATIB / AFP
Leitura:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta quinta-feira (1º) que recebeu pedido de nove estados para importação da vacina contra covid-19 Sputnik V, fabricada pela Rússia. As solicitações foram feitas pelo Acre, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Sergipe.

Em nota, a agência também informou que uma reunião técnica entre a diretoria e os governadores deverá ocorrer na semana que vem para tratar do procedimento de autorização.

“A Anvisa permanece comprometida com a disponibilização de vacinas à população em tempo oportuno e com a devida segurança, qualidade e eficácia. Assim, segue atuando conforme os procedimentos científicos e regulatórios necessários à autorização desses produtos”, diz a nota.

Pernambuco comprou quatro milhões de doses da vacina Sputnik V através de negociação direta do Consórcio Nordeste, formado por governadores da região, com o Fundo Soberano da Rússia. Os primeiros lotes do imunizante deverão chegar ao Brasil no mês de abril.

No total, o Consórcio do Nordeste comprou 37 milhões de unidades, que também serão repassadas ao Programa Nacional de Imunização (PNI) e distribuídas a todo o País. A eficácia do imunizante, que exige a aplicação de duas doses, é de 91,6%, segundo dados publicados na revista científica The Lancet.

Comentários

Últimas notícias