Imunizante

Dimas Covas: Aprovação da Coronavac pela OMS pode sair entre amanhã (1º) e quarta-feira (2)

Em coletiva de imprensa no Instituto Butantan, o diretor mostrou otimismo para a aprovação do imunizante.

Estadão Conteúdo
Cadastrado por
Estadão Conteúdo
Publicado em 31/05/2021 às 17:48
MIVA FILHO/SES-PE
Vacina contra a covid-19 - FOTO: MIVA FILHO/SES-PE
Leitura:
O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que a decisão de aprovação da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a vacina Coronavac deve sair esta semana, possivelmente entre amanhã (1º), e quarta-feira (2). Segundo ele, os dados para a aprovação do imunizante contra a covid-19 já foram enviados e, portanto, o estudo realizado em Serrana (SP) não influencia a aprovação. "Ajudam, mas os dados já estão lá", pontuou.
Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (31), no Instituto Butantan, Covas mostrou otimismo para a aprovação do imunizante. "Eu tenho certeza que a vacina será autorizada e poderá ser distribuída ao mundo inteiro", afirmou.
O diretor do Butantan ainda avaliou que, se a vacinação no País permanecer no ritmo atual, a previsão da imunização das duas doses das 50 milhões de pessoas de grupos prioritários previstas pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) deve ser finalizada entre final de setembro e começo de outubro. Ele afirmou que lotes adicionais da vacina da Coronavac podem mudar a previsão, mas pondera que, até o atual momento, a previsão é para o final do ano.
Em contraponto, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), garantiu que a vacinação das pessoas acima de 18 anos no Estado vai ser finalizada até dezembro deste ano. "Não posso responder pelo Brasil, mas por São Paulo eu respondo e afirmo esse compromisso", reforçou Doria.
 

Últimas notícias