Transformação

O eclipse lunar e o horóscopo: veja como o fenômeno pode impactar o seu signo

Quem é adepto da astrologia acredita que o fenômeno traz mudanças no dia a dia

Estadão Conteúdo Ana Maria Miranda
Estadão Conteúdo
Ana Maria Miranda
Publicado em 18/11/2021 às 8:57
Foto: Pixabay
O eclipse pode afetar seu signo - FOTO: Foto: Pixabay
Leitura:

A madrugada desta sexta-feira (19) será marcada por um eclipse lunar parcial, o último do ano. O fenômeno poderá ser visto a olho nu de alguns locais da Austrália, Américas do Norte e do Sul e parte da Ásia e Europa, e deve ser o mais longo do século.

Quem é adepto da astrologia acredita que o fenômeno astronômico traz mudanças no dia a dia. Dessa forma, a Lua Cheia - oposição entre o Sol e a Lua - e o eclipse indicam que haverá mudanças estruturais. O eclipse é considerado o auge do período de transformação.

Segundo a astrologia, nas próximas semanas, o que precisa ser regenerado ou eliminado ficará mais evidente. Por isso, é tempo de abrir espaço para um novo futuro. O período do eclipse também envolve a possibilidade de acontecimentos inesperados, reviravoltas e surpresas, assim como o aumento da sensibilidade.

Veja o que diz seu horóscopo neste 19 de novembro:

ÁRIES

Momento de se revelar a solução possível para as questões materiais e financeiras pendentes. Não se pode fazer tudo sozinho, você terá que contar com o apoio dos outros.

TOURO

As relações chegam a um termo de definição. Para alguns pode ter um caráter de grande realização, mas a tendência é que a definição se dê dentro de limites apenas suficientes.

GÊMEOS

As mudanças que podiam ser feitas em seu trabalho já devem estar todas delineadas. Mas é preciso dar continuidade para que se completem. Não se deixe isolar demais.

CÂNCER

Momento de fortes sentimentos amorosos e de empolgação por algo ou alguém em sua vida. Mas nem tudo o que anseia acontecerá como desejado. A vida tem seus limites.

LEÃO

As mudanças no âmbito doméstico e familiar se definem por completo, necessitando firmar as definições conquistadas. Veja o quanto se aproximou de suas raízes legítimas.

VIRGEM

Procure cuidar bem da rotina, agora que as principais mudanças se definiram. Você tende a começar a se interessar por formar um bom ambiente à sua volta, em especial no lar.

LIBRA

Momento de importantes decisões na vida financeira, em que você teve que se desfazer do que não servia mais para trazer prosperidade. Não fique com dó do que se foi.

ESCORPIÃO

Este momento tende a mostrar aquilo que realmente ficará consolidado, de tudo o que tentou afirmar como nova personalidade. Veja se você é mais você mesmo agora.

SAGITÁRIO

Mesmo com o estímulo para renovação, você pode estar ainda lidando com problemas do passado. Enterre o que passou. Não vale a pena carregar o passado como se existisse.

CAPRICÓRNIO

O anseio de uma maior participação social e da expansão de seus horizontes pessoais atinge a completude. Talvez tenha avançado um pouco; a vida caminha mesmo assim.

AQUÁRIO

As possibilidades de mudança e de atingir metas na profissão chegam a um ponto culminante. Trabalhe com os resultados que tem em mãos, ao invés de seguir sonhando.

PEIXES

Um pouco mais de paz e calma pode se fazer presente em sua vida. Para isso, o espírito deve ser de compreensão e não de conquista ou força. Enxergue a vida com grandeza.

O fenômeno

O eclipse lunar deverá esconder 97% do satélite natural e será o mais longo do século. A Lua entrará na sombra externa da Terra às 3h02 e o ponto máximo do eclipse deve ocorrer às 6h02. Entretanto, nesse horário, a Lua estará abaixo do horizonte, desta forma, será possível fazer a observação por volta das 4h18, quando o satélite começará a ficar com uma cor mais escura.

De acordo com informações da agência espacial norte-americana (Nasa), o eclipse irá durar cerca de 3 horas e 28 minutos. No Brasil, o fenômeno poderá ser visto por cerca de 2h. Os horários variam de acordo com a localização de cada estado.

Reprodução
Tipos de eclipses lunares - Reprodução

Os eclipses lunares ocorrem quando a Lua, o Sol e a Terra se alinham. Isso faz com que haja o bloqueio dos raios solares que costumam chegar à superfície do satélite natural, gerando uma sombra que encobre a Lua aos poucos. Na madrugada desta sexta-feira (19), a sombra terrestre esconderá 97% da Lua Cheia, por isso o fenômeno é chamado de "eclipse parcial".

Também é possível que o satélite natural fique vermelho, fenômeno conhecido como "Lua de Sangue". A tonalidade depende da poluição, das nuvens e detritos na atmosfera da Terra. Quando um eclipse total ocorre logo após uma erupção vulcânica, por exemplo, as partículas na atmosfera farão a Lua parecer mais escura do que o normal.

Comentários

Últimas notícias