VOO

Queda de avião bimotor: aeronave que caiu com três pessoas a bordo não tinha autorização para fazer táxi aéreo

O veículo de modelo PA-34-220T caiu no mar, na costa de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, por volta das 21h da quarta-feira (24)

Estadão Conteúdo Julianna Valença
Estadão Conteúdo
Julianna Valença
Publicado em 25/11/2021 às 14:44
Notícia
Reprodução / SBT
Três pessoas estavam no avião bimotor - FOTO: Reprodução / SBT
Leitura:
Um avião bimotor com três pessoas a bordo caiu no mar, na costa de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, por volta das 21h da quarta-feira (24), segundo Corpo de Bombeiros. O veículo de modelo PA-34-220T não tinha autorização para fazer táxi aéreo, mas poderia para fazer voos noturnos privados.
O avião está pertencia ao copiloto José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos. O Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade (CVA) da nave venceria em 6 de agosto de 2022. Até o momento, sabe-se que outras duas pessoas, além do jovem, estavam na aeronave. Uma delas era o piloto. 
Na manhã da quarta-feira (25), o Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico montou uma operação para tentar localizar as vítimas. 

Último voo

A aeronave decolou do Aeroporto dos Amarais, em Campinas, às 20h30, e deveria ter pousado cerca de uma hora depois no Aeroporto de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, o que não aconteceu. Familiares de um dos ocupantes entraram em contato com o Corpo de Bombeiros, informando sobre o desaparecimento. As buscas foram iniciadas na madrugada desta quinta-feira (25).
A mãe do copiloto, identificado como José Porfírio de Brito Junior, de 20 anos, informou que, além dele, um piloto e um tripulante estavam a bordo. A mãe e a namorada do copiloto, Thalya Viana, informaram em redes sociais que ele deixou de fazer contato por volta das 21 horas.
Em busca de informações, elas teriam sido avisadas pelo Centro de Controle do Tráfego Aéreo do Rio de Janeiro que o avião caíra no mar. Os bombeiros mobilizaram a Marinha e a Capitania dos Portos para as buscas. Embarcações e um helicóptero se deslocaram para a região do mar em Ubatuba.
Na manhã desta quinta-feira, uma poltrona que seria do avião foi encontrada boiando próximo da costa. De acordo com o Comando da Aeronáutica, as buscas estão sendo coordenadas pelo Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico de Curitiba, unidade da Força Aérea Brasileira (FAB) responsável pelas operações na região.
As buscas foram iniciadas por volta das 4 horas desta quinta, com o uso de equipamentos de visão noturna. De manhã, equipes da FAB encontraram destroços no mar que podem ser do avião desaparecido. Ainda segundo a Aeronáutica, as informações sobre as buscas estão sendo repassadas às famílias dos desaparecidos.

Últimas notícias