Preservação

Instituto de Tecnologia de Pernambuco e Jardim Botânico do Recife firmam parceria

O objetivo é receber exemplares das espécies nativas que estão sendo coletadas nas áreas que serão inundadas para a construção das barragens no interior de PE

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 06/01/2015 às 15:46
Foto: Divulgação/PCR
O objetivo é receber exemplares das espécies nativas que estão sendo coletadas nas áreas que serão inundadas para a construção das barragens no interior de PE - FOTO: Foto: Divulgação/PCR
Leitura:

Na próxima quinta-feira (8), o Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) e o Jardim Botânico do Recife (JBR) irão firmar uma parceria visando garantir a preservação de espécies nativas da Mata Atlântica em Pernambuco. 

O objetivo é receber exemplares das espécies nativas que estão sendo coletadas nas áreas que serão inundadas para a construção das barragens que integram o Sistema de Contenção de Enchentes e Prevenção aos Efeitos da Seca do Estado de Pernambuco.

Na ocasião, serão expostas as plantas típicas da Mata Atlântica que foram coletadas pelos profissionais do Itep nas áreas onde estão sendo construídas as Barragens Serro Azul, na cidade de Palmares; Gatos, em Lagoa dos Gatos; e Panelas II, no município Cupira.

Segundo Katarina Pinheiro, bióloga do Itep, o objetivo é evitar a perda das espécies existentes nas regiões que abrigarão as barragens. O material botânico é coletado durante expedições e passa por identificação e beneficiamento no Laboratório de Ecologia e Biodiversidade do Itep.

“Algumas plantas colhidas, como bromélias e orquídeas, estão sendo transportadas para o Jardim Botânico e integram a exposição. Já as sementes serão destinadas à produção de mudas no Viveiro Florestal do Itep, no distrito de Vista Alegre, para posterior reflorestamento em áreas próximas às barragens”, explica a bióloga.

O acordo de cooperação será assinado entre a secretária de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Prefeitura do Recife, Cida Pedrosa, e o presidente do Itep, Frederico Montenegro. Além deles, o diretor executivo-comercial do instituto, Ivan Dornelas, e técnicos do instituto estarão presentes na abertura da mostra, que contará com mais de 40 plantas entre orquídeas e bromélias, a exemplo da gravatá e da abacaxi.

As próximas expedições para coleta de plantas serão realizadas em Barra de Guabiraba, onde está sendo construída a Barragem Barra de Guabiraba, e Igarapeba, onde será instalada a Barragem Igarapeba.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias