RECONHECIMENTO

Jardim Botânico do Recife na série A

Espaço é o primeiro do Norte/Nordeste a receber certificação, do Ministério do Meio Ambiente, na categoria A

Claudia Parente
Claudia Parente
Publicado em 31/07/2015 às 7:30
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O Jardim Botânico do Recife será o primeiro do Norte-Nordeste do País a receber certificado de registro na categoria “A”, no Sistema Nacional de Jardins Botânicos do Ministério do Meio Ambiente. Para subir dois degraus de uma vez só - desde 2012, o JBR é categoria C -, a reserva provou, entre outras coisas, que possui um banco de sementes, uma lista de espécies para permuta com outros jardins e vai lançar uma revista científica sábado (1), dia em que completa 36 anos.

“O certificado habilita o espaço a buscar recursos para projetos junto ao Ministério do Meio Ambiente e outras instituições. É um avalista do nosso trabalho”, acredita a secretária de Meio Ambiente do Recife, Cida Pedrosa. “Para a equipe que atua lá, essa conquista é um reconhecimento e um estímulo.”

A solicitação para reenquadramento da categoria “C” para a “A” foi feita em maio desse ano à Comissão Nacional de Jardins Botânicos (CNJB), vinculada ao Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ), órgão do Ministério do Meio Ambiente. O pedido foi aceito, mas veio com algumas recomendações, segundo a secretária. “Precisamos melhorar o viveiro e o banco de germoplasma”, admite.

Cida Pedrosa adianta que está requerendo ao Exército o repasse de uma área de 15 hectares, ao lado do Jardim Botânico, para ampliar o viveiro de mudas de espécies nativas da mata atlântica. “Queremos fazer um acompanhamento genético para produzir mudas de qualidade para plantar no Recife”, diz. O JBR também está tentando fazer uma parceria com o Iclei (Governos Locais para Sustentabilidade, organismo das Nações Unidas) para montar uma estrutura moderna, dotada de estufa.

Cida Pedrosa adverte que a conquista não é, necessariamente, definitiva. “O jardim pode perder a certificação se não conseguir manter a qualidade dos serviços. A avaliação é feita a cada dois anos”, ressalta.

Com mais um motivo para festejar o aniversário, o Jardim Botânico terá uma extensa programação neste sábado. A partir das 9h, haverá corte de bolo, lançamento da revista científica Arrudea e apresentação da Anjoluz Orquestra de Câmara, entre outras atrações.

Alexandre Gondim/JC Imagem
Jardim Botânico do Recife, no Curado, abriga dezenas de espécies de plantas nativas da mata atlânti - Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem
Munguba-da-mata do Jardim Botânico, com sua raiz em formato de tábua - Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem
Saguim (foto), preguiça, borboleta, timbu e outros animais habitam o Jardim Botânico do Recife - Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem
Trilhas para contemplação da mata atlântica no Jardim Botânico do Recife, localizado na BR-232 - Alexandre Gondim/JC Imagem
Guga Matos/JC Imagem
Lagarto (foto) e outros repteis, aves, quelônios, insetos e fungos vivem no Jardim Botânico - Guga Matos/JC Imagem
Guga Matos/JC Imagem
Saguim (foto), preguiça, borboleta, timbu e outros animais habitam o Jardim Botânico do Recife - Guga Matos/JC Imagem
Guga Matos/JC Imagem
Animais e plantas convivem no Jardim Botânico, criado em 1960 e aberto ao público desde 1979 - Guga Matos/JC Imagem
Guga Matos/JC Imagem
Cobra (foto), preguiça, borboleta, timbu e outros animais habitam o Jardim Botânico do Recife - Guga Matos/JC Imagem
Guga Matos/JC Imagem
Flamboaiãzinho do Jardim Botânico do Recife. Área verde abre ao público de terça a domingo - Guga Matos/JC Imagem
Guga Matos/JC Imagem
Flores do Jardim Botânico do Recife, localizado no Km 7 da BR-232, no Curado, Zona Oeste da cidade - Guga Matos/JC Imagem

Leia mais na edição digital do JC desta sexta-feira (31)

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias