Período de defeso

PF e Ibama prendem quatro pescadores por pesca ilegal de lagosta

Suspeitos foram detidos em flagrante com cerca de 80 quilos de lagosta

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 21/03/2016 às 8:00
Foto: Divulgação/ Polícia Federal
Suspeitos foram detidos em flagrante com cerca de 80 quilos de lagosta - FOTO: Foto: Divulgação/ Polícia Federal
Leitura:

A Polícia Federal em Pernambuco e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) detiveram quatro pessoas suspeitas de pesca predatória de lagosta durante o período de defeso na praia de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco. Na fiscalizações de rotina realizada na última quarta-feira (16), uma embarcação e equipamentos de pesca foram apreendidos.

De acordo com a polícia, foi encontrado no navio pesqueiro de madeira de nome Deus é a Verdade, onde estavam os quatro pescadores, uma caixa de isopor com cerca de 80 quilos de lagosta. Apesar da ordem para não jogarem os crustáceos no mar, os suspeitos despejaram as lagostas na água. Em seguida, Jonatha Cavalcanti do Carmo, de 34 anos; Júlio César de Lima, de 25 anos; Alexandre Buarque Vanderley, de 42 anos; e Francisco de Asis Ribeiro Victor, de 55 anos, foram detidos. Nenhum deles possuía antecedentes criminais. Além da embarcação, foram apreendidas redes e compressores utilizados na pesca predatória.

Na sede da Polícia Federal, no bairro do Recife, área central da capital, os pescadores foram autuados em flagrante pelo crime de pesca em período proibido com a utilização de petrechos não permitidos. Caso condenados, eles poderão pegar penas que variam de 1 a 3 anos de detenção. Cada um deles pagou uma fiança de R$ 300 e liberados para responderem em liberdade. O dono da embarcação Francisco de Asis também foi multado em R$ 22.300 e impedido de realizar qualquer atividade com a embarcação até que as medidas judicias e administrativas do Ibama sejam sanadas.

Polícia Federal e Ibama realizaram fiscalização em conjunto. Foto: Divulgação/ Polícia Federal

PERÍODO DE DEFESO - Entre os dias 1 dezembro de 2015 e 31 de maio de 2016 está proibida a pesca de lagosta no estado de Pernambuco, pois é quando se dá o período de reprodução dos crustáceos dessa espécie. Todo pescador cadastrado, segundo a PF, tem direito a um seguro defeso para suprir suas necessidades durante o período de defeso.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias