CIÊNCIA

Observatório Astronômico da Sé com programação especial em julho

Visitantes podem aprender mais sobre os 50 anos da viagem do homem à Lua e assistir ao eclipse parcial do satélite com os telescópios do Observatório

Cidades
Cidades
Publicado em 12/07/2019 às 17:30
Notícia
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Visitantes podem aprender mais sobre os 50 anos da viagem do homem à Lua e assistir ao eclipse parcial do satélite com os telescópios do Observatório - FOTO: Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Leitura:

Há 50 anos, a espaçonave Apollo XI fez uma viagem que marcou para sempre a história da humanidade. O voo, tripulado por dois astronautas americanos, ficou marcado como a primeira viagem do homem à Lua. Neste mês, em várias partes do mundo, as cinco décadas da conquista está sendo comemorada no evento On The Moon Again (Na Lua de novo). Aqui em Pernambuco, o Observatório Astronômico da Sé, em Olinda, está com programação especial em homenagem à data e aos 15 anos da reinauguração prédio do observatório, construído em 1890.

Neste sexta e sábado, o observatório estará com foco na Lua, satélite natural da Terra. Além dela, Júpter e Saturno poderão ser observados pelos visitantes do espaço. A programação especial é retomada na terça-feira (16), quando haverá eclipse parcial da Lua. No dia 24, o evento realizado é o Globe at Night, evento mundial de conscientização contra a poluição luminosa. 

Construído há mais de 100 anos, o Observatório esteve um bom tempo fechado e foi requalificado há 15 anos, quando passou a ser administrado pelo Espaço Ciência. Com seis telescópios e uma cúpula retrátil, o observatório é de grande importância para a astronomia brasileira. “As cidades de Olinda e Recife podem ser consideradas, sem dúvidas, berçário da astronomia do País. Aqui, por exemplo, foi observado o primeiro o primeiro cometa na América Latina, o Cometa Olinda. Ter um espaço como esse é uma oportunidade imensa para a população observar os astros e entender um pouco mais sobre o universo”, explica o coordenador do local, Cleiton Batista. Foi também no local que o astrônomo francês Emanuel Liais, fundador do Observatório, viu pela primeira vez a passagem do planeta Vênus pelo círculo solar, em 1882. Dentro do equipamento ainda é possível visitar uma exposição com curiosidades sobre a Lua e o planeta Marte.

A servidora pública Socorro Lira, mora no Amazonas e está visitando Olinda com a família. Pela primeira vez, ela, o filho e a sobrinha puderam observar a lua pela perspectiva de um telescópio. “É muito legal, as crianças adoraram. É um espaço super interessante e que proporciona uma experiência fantástica, inclusive para mim, que nunca tinha usado um equipamento desse”, comenta. 

O Observatório da Sé funciona de terça-feira a domingo, das 16h às 20h. No dia 16, por causa do eclipse, o equipamento funcionará até 21h30. A entrada é gratuita.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias