DESASTRE AMBIENTAL

Óleo: Defesa Nacional reconhece situação de emergência em São José da Coroa Grande

A medida foi promovida pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR

Adige Silva
Adige Silva
Publicado em 23/10/2019 às 14:27
Notícia
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
FOTO: Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Leitura:

A Defesa Nacional reconheceu situação de emergência no município de São José da Coroa Grande, Litoral Sul de Pernambuco, por conta do derramamento do óleo no mar, nesta quarta-feira (23). A portaria número 2.499 do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) foi publicada no Diário Oficial da União (DOU). A praia foi a primeira a ser atingida após o reaparecimento do óleo no Estado

A medida foi anunciada após os ministro Gustavo Canuto e o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas se reunirem com autoridades locais sobre ações emergenciais de resposta ao desastre ambiental. Além de São José da Coroa Grande, o Ministério reconheceu situação de emergência nos municípios de de Camaçari, Conde, Entre Rios, Esplanada, Jandaíra e Lauro de Freitas, na Bahia.

Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
População auxilia na retirada de óleo em São José da Coroa Grande; cerca de 200 pessoas trabalham - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
População auxilia na retirada de óleo em São José da Coroa Grande; cerca de 200 pessoas trabalham - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Cerca de 200 pessoas, entre voluntários, funcionários da prefeitura e marinheiros trabalham no local - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Cerca de 200 pessoas, entre voluntários, funcionários da prefeitura e marinheiros trabalham no local - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Em Carneiros, população se desdobra para retirar óleo da praia. Material apareceu na manhã de sexta - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Em Carneiros, população se desdobra para retirar óleo da praia. Material apareceu na manhã de sexta - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Em Carneiros, população se desdobra para retirar óleo - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Prefeitura, Secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente e a Defesa Civil, retiram o material - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
O óleo já havia sido encontrado na região através de vestígios, mas reapareceu de forma mais intensa - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
A praia é uma das mais procuradas em Pernambuco - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
A informação foi confirmada pelo Secretário de Meio Ambiente da cidade, Manuel Pedrosa - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM

O que muda com o reconhecimento?

Com o reconhecimento federal de emergência, São José poderá solicitar auxílio complementar para ações emergenciais à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec). Com os recursos repassados, poderão ser realizados serviços de limpeza de praias, viabilização de pontos estratégicos de coleta (chamados localmente de ecopontos) e transporte do material.

De acordo com o ministro Gustavo Canuto, estão empregados nas ações da contenção do óleo 1,5 mil homens da Marinha, 1,8 mil colaboradores contratados pela Petrobrás e 70 funcionários do Ibama em toda a Região Nordeste.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias