BALANÇO

Pernambuco já recolheu 958 toneladas de óleo em suas praias

Nesta quarta-feira (23), as manchas de óleo atingiram mais três praias no litoral pernambucano

JC Online
JC Online
Publicado em 23/10/2019 às 20:25
Notícia
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Nesta quarta-feira (23), no novo balanço divulgado pelo Governo de Pernambuco, 958 toneladas de óleo já foram recolhidas das praias atingidas pelo material. Ainda no mesmo dia, as manchas atingiram mais três litorais pernambucanas: Ilha do Amor (Cabo de Santo Agostinho), Barra de Jangada (Jaboatão dos Guararapes) e a Praia do Janga (Paulista).

O que impressiona no novo balanço divulgado pelo governo é que a quantidade de óleo recolhida quase que dobrou em relação ao total final da terça-feira (22), quando 489 toneladas haviam sido retiradas do mar. Na segunda (21), o montante era de 257 toneladas.

Equipe de combate ao avanço do óleo

O trabalho de limpeza tem sido intenso e incansável. Isto porque 400 pessoas mobilizadas pelo Governo, de diferentes órgãos, e mais 50 reeducandos realizaram o trabalho de contenção, limpeza e prevenção das cidades litorâneas. Os trabalhos aconteceram no Rio Persinunga (São José da Coroa Grande), Rio Una (Barreiros), Rio Formoso (Tamandaré), Rio Massangana (Cabo de Santo Agostinho), Rio Maracaípe (Ipojuca), Rio Sirinhaém (Sirinhaém) e Rio Jaboatão (Jaboatão dos Guararapes). 2.145 metros de barreiras de contenção foram instalados nos estuários, além dos 200 metros já implantados pela Petrobrás/Transpetro.

EPIs (Equipamentos de Proteção Individual)

Para realizarem os trabalhos de contenção e combate ao óleo, os trabalhadores precisam de materiais adequados, já que não se pode entrar em contato direto com os resíduos. Foram distribuídos cerca 3.032 pares de botas, 11.845 pares de luvas, 17.001 máscaras, 4.891 sacos plásticos, 6.043 sacos de Ráfia, 7.565 bags, mil rolos de mantas absorventes, 1.352 tambores e bambonas, 4kg de protetor solar e 5.944 copos de água mineral.

Foto: Felipe Ribeiro/ JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/ JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/ JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/ JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/ JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/ JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/ JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Arnaldo Carvalho/ JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/ JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Arnaldo Carvalho/ JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/ JC Imagem
Mancha de óleo atingiu nesta quarta-feira a praia do Janga, em Paulista - Foto: Arnaldo Carvalho/ JC Imagem

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias