Zona Sul

Tartaruga aparece sangrando na praia de Boa Viagem e é recolhida por funcionários da prefeitura

O fato revoltou moradores e banhistas, que esperavam que a tartaruga fosse recolhida por um órgão ambiental

Adige Silva
Adige Silva
Publicado em 08/12/2019 às 17:47
Notícia
Foto: Reprodução/Instagram Ticiane Pacheco
O fato revoltou moradores e banhistas, que esperavam que a tartaruga fosse recolhida por um órgão ambiental - FOTO: Foto: Reprodução/Instagram Ticiane Pacheco
Leitura:

Uma tartaruga foi encontrada sangrando na Praia de Boa Viagem, no bairro de mesmo nome, na Zona Sul do Recife, na manhã desta domingo (8). Banhistas e moradores do local, próximo ao Segundo Jardim, afirmaram que tentaram entrar em contato com órgãos ambientais da cidade, que não puderam atuar no caso por ser fim de semana. Com isso, o animal foi recolhido por funcionários da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb).

O fato revoltou as testemunhas, que esperavam que a tartaruga fosse recolhida por um órgão ambiental e houvesse um estudo sobre ferimentos e a confirmação se, de fato, ela estaria morta. A moradora Ticiana Pacheco, 42 anos, produtora cultural, afirmou que a justificativa dos órgãos foi que não tinha equipe disponível por ser um fim de semana.

"Ligamos para os bombeiros e eles não podiam ir lá resolver, porque disseram que ela já estava morta. Liguei para o Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas), para a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e para Secretaria de Meio Ambiente e também não resolveram, porque era fim de semana e não funcionavam", relatou.

Resposta

A Secretaria de Meio Ambiente, por meio de sua assessoria, alegou que existe uma parceria entre o órgão, a CPRH e a ONG  Ecoassociados, para a realização do regaste de animais marinhos presos ou acidentados no litoral pernambucano. O órgão também argumentou que, quando o animal aparece morto, o trabalho de recolhimento deve ser feito pela prefeitura. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias