EDUCAÇÃO

IFPE fará vestibular para preencher 2.206 vagas em cursos técnicos

Inscrições começarão segunda-feira. Cursos são oferecidos em 16 municípios pernambucanos

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 23/04/2015 às 5:37
Foto: Divulgação/ IFPE
Inscrições começarão segunda-feira. Cursos são oferecidos em 16 municípios pernambucanos - FOTO: Foto: Divulgação/ IFPE
Leitura:

Começam segunda-feira (27) as inscrições para o vestibular do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), que vai ofertar 2.206 vagas em cursos técnicos, com aulas a partir do segundo semestre. Pode concorrer quem terminou o ensino médio. As vagas estão distribuídas nos 16 câmpus da instituição. As provas serão dia 14 de junho.

Interessados devem se inscrever até 7 de maio, exclusivamente no site www.ifpe.edu.br. A taxa de inscrição custa R$ 20 e pode ser paga nas agências do Banco do Brasil até 8 de maio. Os cursos têm duração média de dois anos.

Metade das vagas é destinada a quem cursou o ensino médio integralmente em escola pública. Ainda há cotas para os candidatos autodeclarados negros, pardos e indígenas e para quem tem renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. Candidatos da zona rural também contam com reserva de vagas, caso optem pelos cursos com vocação agrícola.

Os cursos são oferecidos nas cidades de Recife, Abreu e Lima, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho, Paulista e Olinda, na Região Metropolitana. No interior há opções em Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Caruaru, Garanhuns, Palmares, Pesqueira e Vitória de Santo Antão.

A prova terá 30 questões de múltiplas escolhas, sendo dez de português, dez de matemática e outras dez de conhecimentos gerais.

ISENÇÃO - Quem não tem condições de pagar a taxa de inscrição no vestibular pode pedir isenção entre os dias 27 e 29 de abril, no site do IFPE. A gratuidade é concedida para candidatos com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio e que, cumulativamente, tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada.

Também são isentos da taxa egressos dos programas Mulheres Mil, inclusive os seus dependentes, e PROIFPE.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias