mundial

Estudantes do Recife embarcam para campeonato mundial de Robótica

Alunos da rede municipal irão representar o Brasil em competição na Alemanha com mais 40 países

JC Online
JC Online
Publicado em 26/06/2016 às 22:32
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Alunos da rede municipal irão representar o Brasil em competição na Alemanha com mais 40 países - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Confiança e um pouco de nervosismo estão nas bagagens dos alunos e professores da Escola Municipal Rodolfo Aureliano, do Recife, que embarcaram na noite deste domingo (26) para a cidade de Leipzig, na Alemanha. O grupo irá representar o Brasil na Robocup. A equipe da escola classificou-se para o mundial após vencer a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) disputada na cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo, no ano passado. 

Os alunos que irão competir têm entre 12 e 14 anos. "Estou um pouco nervosa pelo fato de ser uma competição mundial", disse a estudante Maria Eduarda Oliveira, de 12 anos, que estuda robótica há apenas três meses. Como a competição nacional que classificou os alunos ocorreu no ano passado, alguns atingiram a idade limite para participar do mundial. Foi o caso de Eduarda. 

Batizado de Lego Kombat, o time competirá na categoria “resgate”, em que carros feitos com peças do brinquedo Lego são programados para percorrer um determinado circuito e resgatar objetos espalhados pelo caminho, isso no menor tempo possível.

"É uma competição onde a estratégia é altamente importante", explica o professor Cid José Espíndola, que treinou a equipe. "Nosso robô está sendo preparado para vencer todos os obstáculos. Não garantimos o primeiru lugar, mas vamos dar trabalho", afirma. 

Além de Eduarda, viajam os alunos Paulo Poan, Miguel Silva e Maryllia Willyane Félix, e a professora Juliana Borges e o estagiário de Engenharia Mecatrônica Victor Sabino. Também integram a comitiva os monitores Emerson Almeida e Gabriel Loureiro, que foram campeões no ano passado, mas que atingiram a idade limite do mundial.

Participam da competição 40 países. As disputas ocorrem nos dias 30 de junho e 1, 2 e 3 de julho. As disputas acontecem todos os dias e vencem as equipes que acumulares mais pontos. Os recifenses levam três robôs, cada um avaliado em cerca de R$ 4 mil. O retorno ao Recife será no dia 6 de julho. 

Para o secretário de educação do Recife, Jorge Vieira, os alunos servem de exemplo para aqueles que estão iniciando as aulas de robótica. "Para nós, eles já são vitoriosos. O resultado é que eles se tornam exemplo para a rede e para um conjunto de escolas e de alunos. Eles conseguiram isso através do estudo. Mostram que o bota pra frente é o estudo", disse. 

A Prefeitura do Recife tem cerca de 73 mil alunos em aulas de robótica na rede municipal, dentro de um universo de 90 mil estudantes. As aulas começam ainda nas creches, para crianças a partir de 4 anos de idade. Desde 2013, quando o programa começou a ser implementado, foram aplicados R$ 32 milhões.

Últimas notícias