EDUCAÇÃO

Saiba como se inscrever nas 74 mil vagas de novatos nas escolas estaduais

Cadastro deve ser feito exclusivamente pela internet até 27 de dezembro. São quase 75 mil vagas

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 20/11/2019 às 6:35
Notícia
Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Cadastro deve ser feito exclusivamente pela internet até 27 de dezembro. São quase 75 mil vagas - FOTO: Foto: Filipe Jordão/ JC Imagem
Leitura:

Rosemauria Ferreira, 47 anos, tem um compromisso logo cedo hoje. Vai tentar conseguir uma vaga para a única filha, Ana Caroline, 14, no 1º ano da Escola de Referência em Ensino Médio Ginásio Pernambucano, localizada em Santo Amaro, área central do Recife. As matrículas para alunos novatos na rede estadual começam às 7h desta quarta-feira (20) e vão até 27 de dezembro, exclusivamente pela internet. São oferecidas 74.978 vagas, sendo 31.919 para as séries finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) e 43.059 para o ensino médio.

Na manhã desta quarta-feira (20), o Matrícula Rápida, plataforma utilizada pelo Governo de Pernambuco para cadastrar alunos novatos na rede pública de ensino em 2020, apresenta instabilidade. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação e Esportes, o erro se deve ao fato do site receber muitos acessos ao mesmo tempo nesta manhã, mas alega que já está com mais de três mil matrículas confirmadas e orienta que os pais e responsáveis dos estudantes continuem tentando, enquanto a equipe de informática trabalha para melhorar o sistema.

Apesar da garantia do secretário de Educação de Pernambuco, Frederico Amancio, que ninguém deixará de estudar por falta de vagas, é importante se apressar caso a escola desejada esteja entre as mais concorridas. Entre 20% e 30% das vagas são ocupadas na primeira hora do sistema aberto. No GP Cabugá, por exemplo, serão disponibilizadas apenas 15 vagas para 1º ano do ensino médio. No GP da Rua Aurora, outra unidade disputada, é a mesma quantidade de vagas.

“Há vagas suficientes para todos na rede estadual. O grande desafio é ofertar nas escolas mais procuradas. Todo o processo de matrícula é automático. As vagas são disponibilizadas no sistema. Ao concluir o cadastro, a vaga é bloqueada. Quando não houver mais, o nome da escola nem aparece entre as opções de escolha. Em alguns colégios acaba em menos de 10 minutos”, destaca Frederico Amancio. Foi o que aconteceu, ano passado, no GP Cabugá: todas as vagas foram preenchidas em oito minutos.

A etapa que começa nesta quarta vale para quem nunca estudou na rede estadual de Pernambuco ou para o aluno que já foi de escola estadual, desistiu e pretende retomar os estudos no próximo ano. O secretário explica que discentes que já estão na rede estadual e vão continuar nela não precisam se matricular pois suas vagas estão asseguradas. O mesmo vale para egressos de escolas municipais que já realizaram o cadastro diretamente nos seus colégios, desde o último mês de agosto: 101.410 estudantes nessa situação.

Do total de vagas ofertadas no sistema online, 10.313 são para colégios do Recife, 18.224 para unidades dos 14 municípios da Região Metropolitana e 46.441 para escolas do interior. O Liceu de Artes e Ofícios, que fica na Boa Vista, também no Centro da capital, está na lista das unidades preferidas da rede estadual. Lá serão 27 vagas para novatos do 6º ano do ensino fundamental e 10 para o 1º ano do ensino médio.

INTEGRAIS

Para os jovens do ensino médio, o governo estadual oferecerá 8.655 vagas em escolas integrais (3.067 nas unidades no Grande Recife e 5.588 no interior). Vale destacar que o acesso do aluno novato nesses colégios só ocorre no 1º ano. “Pernambuco tem a maior rede de escolas integrais de ensino médio do Brasil. Temos 57% dos alunos matriculados nesse modelo. Vamos aumentar para 60%. Ainda este mês iremos anunciar novos colégios integrais”, afirma Frederico.

“O ensino nas escolas estaduais está melhorando, o que nos anima a tentar uma vaga num colégio integral. Também porque não terei mais condições de pagar mensalidade em 2020. Visitamos o GP da Cabugá duas vezes e gostamos muito. Espero conseguir uma vaga para Ana Caroline”, diz Rosemauria. Foi por questões financeiras que Layla França, 17, hoje aluna do 2º ano, migrou de uma escola privada para o GP Cabugá, em 2018.

“Estou feliz, gosto da escola. É puxado porque começa às 7h15 e vai até 17h, todos os dias. Mas temos muitas atividades, aulas nos laboratórios, contato com os professores. Uma das disciplinas eletivas que faço é maracatu. É legal também porque estudo alemão dentro do currículo regular”, conta Layla.

PROGRAME-SE

Início das matrículas: 20 de novembro
Término das matrículas: 27 de dezembro
Efetivação das matrículas: 2 a 16 de janeiro
Matrícula para retardatários: 20 a 28 de janeiro
Onde: www.matricularapida.pe.gov.br

Vagas

Por etapa

31.919 para turmas do 6º ao 9º ano do ensino fundamental
43.059 para o ensino médio
8.655 desse total do ensino médio é para escolas integrais

Por região

10.133 no Recife
18.224 na Região Metropolitana
46.441 no interior

O que é preciso informar ao se cadastrar:

Nome completo do estudante, data de nascimento, escola de origem, série, turno e escola que pretende estudar, nome do responsável com endereço e telefone

Dúvidas ou mais informações: 0800.286.0086, de segunda à sábado, das 7h às 21h

As 10 escolas estaduais mais concorridas e que dispõem de vagas para novatos (não estão ranqueadas)

Escola de Referência em Ensino Médio Ginásio Pernambucano Cabugá (Recife)
Escola de Referência em Ensino Médio Ginásio Pernambucano Aurora (Recife)
Escola Liceu de Artes e Ofícios (Recife)
Escola Monsenhor Francisco Salles (Recife)
Escola Brigadeiro Eduardo Gomes (Recife)
Escola de Referência em Ensino Médio Santos Dumont (Recife)
Escola Ministro Jarbas Passarinho (Camaragibe)
Escola de Referência em Ensino Médio de Paulista (Paulista)
Escola de Referência em Ensino Médio Clementino Coelho (Petrolina)
Escola de Referência em Ensino Médio Nicanor Souto Maior (Caruaru)

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias