Santo Antônio

Agência da Caixa Econômica é alvo de bandidos no Centro do Recife

Agência foi arrombada por pelo menos dois suspeitos, que pularam o muro lateral, quebraram cadeados e portas

Giovanna Torreão
Giovanna Torreão
Publicado em 17/12/2015 às 21:12
Foto: Reprodução/ Google Street View
Agência foi arrombada por pelo menos dois suspeitos, que pularam o muro lateral, quebraram cadeados e portas - Foto: Reprodução/ Google Street View
Leitura:

Uma agência da Caixa Econômica Federal foi alvo assaltantes na madrugada desta quinta-feira (17) na área central do Recife. De acordo com informação da Polícia Civil, a unidade fica na Praça da República, no bairro de Santo Antônio. A Polícia Federal foi acionada para periciar o banco.

Ainda conforme a corporação, a agência foi arrombada por pelo menos dois suspeitos, que pularam o muro lateral, quebraram cadeados e portas. Além disso, ele tentaram ter acesso à parte interna do cofre, mas sem sucesso. Os suspeitos teriam levado quatro armas e 48 munições dos vigilantes, que estavam guardadas em um compartimento. Até o momento, ninguém foi preso. A agência funcionou normalmente no período da tarde.

Também na madrugada desta quinta, um caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal  foi explodido na Praça Arão Lins de Andrade, no Centro de Gravatá, no Agreste de Pernambuco. Os suspeitos fugiram num carro modelo Audi, na cor branca. A agência de Gravatá só deve voltar a funcionar nesta sexta-feira (18). 

De acordo com o chefe de comunicação da Polícia Federal em Pernambuco, Giovani Santoro, os suspeitos dos dois crimes possuem características diferentes. “A gente percebe que na Caixa Econômica do Recife, eles são mais amadores e devem ser moradores daquela região. Entendemos que eles podem ter conhecimento prévio de onde estavam essas armas, por que eles já entraram uma vez, o que facilitou a ação deles”, explicou. Já o grupo que agiu em Gravatá parecem ter experiência. "Eles renderam o vigia que estava na praça, foram até os terminais, colocaram as dinamites, explodiram e conseguiram levar o dinheiro, na fração de tempo de três minutos”, comparou o assessor de comunicação. 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias