tremor

Abalo sísmico é sentido em diversas cidades no Nordeste

Pelas redes sociais, muitos usuários relataram o que aconteceu

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 23/02/2016 às 17:30
Foto: Edmar Melo / Arcevo JC Imagem
Pelas redes sociais, muitos usuários relataram o que aconteceu - FOTO: Foto: Edmar Melo / Arcevo JC Imagem
Leitura:

Na tarde desta terça-feira (23) muita gente relatou pelas redes sociais o abalo sísmico sentido em diversas cidades do Nordeste. Pelo Twitter, os usuários das cidades dos estados de Paraíba e Alagoas, além dos municípios pernambucanos de Belo Jardim, Bezerros, Toritama, Santa Cruz do Capibaribe, Moreno, Vitória, Recife, Olinda, utilizaram a rede para informar o que aconteceu. O epicentro foi registrado em São Caetano, no Agreste de Pernambuco, a 150 km da Capital. 

 

 

Pelo Facebook do Jornal do Commercio, a usuária Carol Delfino - que mora em Caruaru há 18 anos - disse que sentiu a casa balançar. Christina Sales também comentou o que sentiu. "Estou em Carpina e por alguns segundos também senti esse tremor, o sofá começou a tremer e a porta de vidro também. Achei super estranho, agora entendi o que houve", relatou pela rede social.

caruaru_depoimento

Pelo aplicativo comuniQ, do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), usuários falaram onde sentiram os abalos. Luciano A. Santos disse que sentiu o abalo em Aliança-PE. Mas que também soube dos tremores em Vicência-PE.

No instagram do JC, os seguidores falaram o que sentiram. Veja o depoimento de Almir Gonçalves "Santa Cruz do Capibaribe/PE, próximo a Caruaru , a terra também tremeu por aqui. Muita chuva nessa tarde.

TREMOR - Em entrevista ao JC o pesquisador Joaquim Ferreira, responsável pelo Departamento de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), explicou que inicialmente as máquinas registraram 4,7 na escala Richter, mas que o abalo ficou 3,8. Ele reforçou que os dados ainda são preliminares, podendo variar. 

Últimas notícias