SEMANA SANTA

Católicos recordam nesta Sexta-feira Santa Paixão e Morte de Cristo

Celebração, presidida por dom Fernando Saburido, começa às 15h na Catedral da Sé, em Olinda

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 25/03/2016 às 7:25
Foto: Guga Matos/JC Imagem
FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Católicos recordam hoje, Sexta-Feira Santa, a Paixão e Morte de Cristo. É o único dia no ano em que não são celebradas missas em nenhuma igreja católica do mundo. Para marcar a crucificação e morte de Jesus, o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, presidirá o ato litúrgico da Paixão, na Catedral da Sé, em Olinda, a partir das 15h. Em seguida, por volta das 16h, os fiéis e o sacerdote seguirão a Procissão do Senhor Morto, que vai percorrer ruas do Sítio Histórico da cidade.

Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, convida os católicos para o ato litúrgico da Paixão, que acontecerá nesta sexta-feira (25), na Catedral da Sé, em Olinda

Publicado por Jornal do Commercio em Quinta, 24 de março de 2016



Na capital pernambucana não haverá, este ano, a procissão que saía da Paróquia do Santíssimo Sacramento, que fica na Praça da Independência, no bairro de Santo Antônio, área central do Recife. Como a igreja está fechada para reforma, a celebração da Paixão e Morte do Filho de Deus foi transferida para a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, no mesmo bairro. Começa às 15h, mas os fiéis não terão cortejo pelas ruas do Centro.

 

Foto: Guga Matos/JC Imagem
Padres, bispos e diáconos saem em cortejo até a Catedral da Sé, em Olinda - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Padres, bispos e diáconos saem em cortejo até a Catedral da Sé, em Olinda - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Padres, bispos e diáconos saem em cortejo até a Catedral da Sé, em Olinda - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Padres, bispos e diáconos saem em cortejo até a Catedral da Sé, em Olinda - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Padres, bispos e diáconos saem em cortejo até a Catedral da Sé, em Olinda - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, seguiu o cortejo até a Catedral da Sé - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, seguiu o cortejo até a Catedral da Sé - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Na Missa dos Santos Óleos, padres renovaram os votos sacerdotais - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Óleos que serão usados na unção de enfermos, batizados e crisma foram abençoados por dom Fernando - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Católicos lotaram a Catedral da Sé para assitir à Missa dos Santos Óleos - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Óleos que serão usados na unção de enfermos, batizados e crisma foram abençoados por dom Fernando - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Óleos que serão usados na unção de enfermos, batizados e crisma foram abençoados por dom Fernando - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Óleos que serão usados na unção de enfermos, batizados e crisma foram abençoados por dom Fernando - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Óleos que serão usados na unção de enfermos, batizados e crisma foram abençoados por dom Fernando - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Óleos que serão usados na unção de enfermos, batizados e crisma foram abençoados por dom Fernando - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Óleos que serão usados na unção de enfermos, batizados e crisma foram abençoados por dom Fernando - Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Óleos que serão usados na unção de enfermos, batizados e crisma foram abençoados por dom Fernando - Foto: Guga Matos/JC Imagem

O rito de hoje, independentemente da paróquia onde for realizado, constará do relato da Paixão, da oração universal da igreja, exaltação da Santa Cruz, leitura de salmos, cantos e distribuição da Comunhão. Amanhã, após o por do sol, os católicos terão as vigílias pascais, quando ficarão à espera da ressurreição de Cristo.

TRÍDUO PASCAL

Ontem, Quinta-Feira Santa, foi celebrado o início do Tríduo Pascal, conjunto de três dias importantes para os cristãos que termina amanhã, véspera do Domingo de Páscoa. Dom Fernando celebrou, de manhã, na Catedral da Sé, em Olinda, a Missa do Crisma e bênção dos Santos Óleos. Padres, bispos e diáconos das 121 paróquias da Arquidiocese de Olinda e Recife renovaram seus votos sacerdotais.

Antes da celebração, os religiosos saíram em um cortejo que começou na frente do Convento da Conceição, das Irmãs Dorotéias, ao lado da Academia Santa Gertrudes, localizada também na Sé. Até o ano passado eles partiam do Seminário de Olinda. Mas o prédio foi interditado em maio, por isso a mudança de local. 

Durante a missa, assistida por católicos que lotaram a igreja, dom Fernando abençoou os óleos que serão usados na unção dos enfermos e nos batizados realizados nas paróquias da Arquidiocese. Também consagrou o óleo do crisma destinados às cerimônias de crisma e ordenação dos padres.

Últimas notícias