FILANTROPIA

Solidariedade leva vestidos e livros para crianças e presentes para idosos

Campanha Vestidos em Algodão para as Meninas do Sertão deu frutos e gerou mais duas outras iniciativas

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 10/04/2016 às 6:11
Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
FOTO: Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Leitura:

As máquinas de costura não estão paradas. A vontade de levar roupas coloridas e confortáveis para crianças sertanejas de Pernambuco aumentou. Por isso, a campanha Vestidos em Algodão Para as Meninas do Sertão, idealizada há pouco mais de um ano pela funcionária pública Tereza Maria Matos, continuará. E a iniciativa deu frutos. A solidariedade vai se espalhar. Idosos que vivem em asilos no Grande Recife ganharão kits de higiene e roupas, enquanto garotos de vários Estados brasileiros receberão livros infantis.

“Minha meta era costurar um vestido por dia, de março a dezembro. Queria presentear 301 meninas com uma roupinha nova para usarem no Natal. A ideia contagiou tanta gente do País que no final cerca de 4 mil crianças, entre meninos e meninas, foram contemplados”, conta Tereza, que junto com outras pessoas entregou vestidos, shorts, camisas, tiaras e sapatos em 14 municípios pernambucanos.



Foi numa dessas visitas, na cidade de Belém do São Francisco (distante 475 quilômetros do Recife), que a artista plástica paulista Maria Cininha, uma das colaboradoras de Tereza, percebeu a carência de livros numa das escolas que esteve. Nascia ali o embrião do que hoje é a RoMaria de Livros, uma campanha de incentivo à leitura.

“Não queremos só arrecadar livros, mas sim conquistar leitores. Quando doamos um livro, ganhamos a possibilidade de um País leitor. Uma vez por mês, todo dia 30, vamos mandar exemplares para alguma escola ou biblioteca que necessite”, explica Maria Cininha. A primeira caixa, recheada com 90 títulos infantis, saiu de São Paulo semana passada com destino a uma creche e uma escola de Belém de São Francisco. Este mês será um colégio do Rio Grande do Norte.

Aída Nejaim, também funcionária pública e grande parceira de Tereza no ano passado, resolveu focar este ano nos idosos. Lançou a campanha Por um Sorriso na Melhor Idade. Em vez de visitar abrigos somente no final do ano, como acontece com a entrega dos vestidos, ela planeja ir sempre que conseguir montar os kits na quantidade certa para presentear os velhinhos do asilo escolhido.

Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Aída Nejaim está à frente da campanha para levar presentes para abrigos de idosos - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Maria Cininha quer estimular leitura mandando livros infantis para escolas e bibliotecas brasileiras -
Crianças de Ouricuri, no Sertão de Pernambuco, mostram as roupas que ganham ano passado -
Vestidinhos foram levados para meninas de Belém de São Francisco, no Sertão de Pernambuco -
Em Ouricuri, no Sertão de Pernambuco, crianças que ganharam os vestidos são bem carentes -
Menina da cidade de Solidão, no Sertão de Pernambuco, mostra vestido que ganhou da campanha -
Menina da cidade de Solidão, no Sertão de Pernambuco, mostra vestido que ganhou da campanha -
Em Ouricuri, meninos e garotas mostram orgulhosos as roupas que ganharam -
Alunos de uma escola de Criciúma, de Santa Catarina, pintaram camisas e doaram para a campanha -
Aída mostra meninas de Afogados da Ingazeira com os vestidos que ganharam -
Alunos de uma escola de Afogados da Ingazeira felizes com os presentes que receberam -
Garotas sertanejas vestem os vestidos que ganharam da campanha -
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Tereza Matos, idealizadora da campanha, vai continuar levando vestidos para o Sertão de Pernambuco - Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Crianças de Ouricuri mostram as roupas e tiaras que ganharam no final do ano passado -
Menina de Tabira, no Sertão de Pernambuco, mostra o lindo vestido que ganhou -
Garota de Tabira, no Sertão de Pernambuco, faz pose com o vestido, a tiara e a sandália que ganhou -
Tereza abraça uma das meninas do Sertão que ganhou roupa nova graças à campanha -
Tetê Wanderley costurou mais de mil bermudas para presentar os meninos do Sertão de Pernambuco -

No último fim de semana Aída esteve com um grupo de voluntários no Abrigo Santo Antônio, localizado em Casa Caiada, Olinda, na Região Metropolitana do Recife. Trinta senhoras ganharam robes, calcinhas, toalhas, sabonetes, xampus e perfumes. E o mais importante: atenção. “Conversamos, fazemos carinho, ouvimos o que elas têm a dizer. Foi muito gratificante”, diz Aída.

Tereza, por questão de saúde (levou uma queda em outubro e rompeu os tendões do ombro) não está mais costurando. Nem por isso a campanha parou. Ela recebe ajuda de costureiras de Pernambuco e de outros Estados (São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraíba), que continuam mandando vestidinhos. “É gratificante saber que vamos novamente, este ano, alegrar as crianças do Sertão”, ressalta. As entregas, desta vez, serão no Dia das Crianças e um pouco antes do Natal.

 

COMO AJUDAR

* Vestidos em algodão para meninas do Sertão
Do que precisa: tecidos em algodão, aviamentos, calcinhas e cuecas infantis
Como fazer: acesse a página da campanha no facebook (é aberta)

* RoMaria de Livros
Do que precisa: livros infantis e juvenis (não precisam ser novos, mas devem estar bem conservados)
Como fazer: Envie para o endereço Praça da República, 465, conj 63, São Paulo-SP - CEP 01045.001. Pode também acessar a página do projeto no facebook

* Por um Sorriso na Melhor Idade
Do que precisa: robes, roupa íntima (para homens e mulheres), sapatos, toalha de banho, toalhinhas, sabonetes, xampu, escova de dentes, creme dental, hidratante, pente, colônia, desodorante, lâmina de barbear, fraldas geriátricas, lenços umedecidos e pomadas para assaduras
Como fazer: no facebook há uma página com o nome da campanha. É um grupo fechado, mas é só pedir para participar

Últimas notícias