Projeto Orla

Praia de Boa Viagem também terá chuveiros até o fim deste ano

A obra de ligação dos chuveiros teve início nesta terça-feira (18) e vai se estender por oito meses em toda a extensão da orla de Boa Viagem

Da Editoria Cidades
Da Editoria Cidades
Publicado em 18/04/2017 às 20:20
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
A obra de ligação dos chuveiros teve início nesta terça-feira (18) e vai se estender por oito meses em toda a extensão da orla de Boa Viagem - FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

A Prefeitura do Recife pretende, até o fim de 2017, implantar o Projeto Orla em toda a extensão das Praias do Pina e de Boa Viagem, na Zona Sul da cidade, e também oferecer chuveirões para os banhistas. “Essa é a nossa expectativa, mas a tarefa não é fácil”, afirma o secretário municipal de Mobilidade e Controle Urbano, João Braga, ao apresentar a primeira etapa do Projeto Orla, nesta terça-feira (18) pela manhã.

O novo ordenamento da praia, em Boa Viagem, já é visível num trecho de 850 metros de extensão, entre as Ruas Antônio Falcão e Henrique Capitulino, onde serão instaladas dez mil cadeiras, três mil mesas de apoio e três mil guarda-sóis grandes (ombrelones), até quinta-feira próxima (20). A ação é executada pela Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife com o Centro Universitário Maurício de Nassau (Uninassau).

Afora os equipamentos dos comerciantes – financiados pela Uninassau – a proposta é implantar 110 chuveiros com água fornecida pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) no Pina e em Boa Viagem. As ligações começaram a ser feitas nesta terça-feira (18) e estarão concluídas nos próximos oito meses. Depois, será lançada licitação para escolha da firma que vai administrar o serviço, informa o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.

O projeto dos chuveiros é uma iniciativa conjunta da prefeitura, Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco e Compesa. “É uma obra do Prodetur (Programa de Desenvolvimento do Turismo) com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de R$ 1.613.265,47”, diz Felipe Carreras, que participou da solenidade de inauguração do Projeto Orla em Boa Viagem.

“Contribuímos para a melhoria dos equipamentos, com R$ 2 milhões da Uninassau, e sugerimos cursos de capacitação, para que os profissionais possam atender melhor os clientes” afirma o presidente do Grupo Ser Educacional, Jânio Diniz. Serão oferecidos três módulos de capacitação aos comerciantes: planejamento financeiro, marketing e segurança e manuseio alimentar.

COMERCIANTES


“Minhas cadeiras estavam enferrujadas, precisava mesmo trocar meu material de trabalho. Equipamentos novos e praia organizada atraem mais clientes”, destaca o comerciante José Adilson da Silva, sobre o Projeto Orla.

Barraqueiro mais antigo de Boa Viagem, Elias Luiz de França foi um dos primeiros a receber os equipamentos. “O projeto é muito bom, a praia organizada fica muito mais bonita. E ainda teremos um ano e meio de assistência. Vou economizar com a manutenção”, diz Elias, que trabalha na orla há 35 anos, nas proximidades da Rua Antônio Falcão.

BANHISTAS


“Uma maravilha esse projeto, as cadeiras estavam horríveis. A Praia de Boa Viagem é o cartão de visita do Recife e não pode receber as pessoas com cadeiras velhas e enferrujadas. Tomara que outras empresas sigam esse exemplo”, comenta Judite Moreira Santos, banhista e moradora do bairro.

É a mesma opinião de Mirtes Jurema Alvim, frequentadora assídua da praia e moradora de Boa Viagem. “Vi que deixaram espaço para circulação entre uma barraca e outra, isso é muito bom. Com tudo organizado, dá prazer em ficar mais tempo na praia”, declara.

Últimas notícias