CHUVAS

Chuvas interrompem abastecimento de água em diversas cidades de Pernambuco

Segundo a Compesa, pelo menos 12 cidades tiveram interrupção total ou parcial no abastecimento de água em função das fortes chuvas

JC Online
JC Online
Publicado em 28/05/2017 às 17:31
Foto: divulgação/Compesa
Segundo a Compesa, pelo menos 12 cidades tiveram interrupção total ou parcial no abastecimento de água em função das fortes chuvas - FOTO: Foto: divulgação/Compesa
Leitura:

Pelo menos 12 cidades tiveram interrupção total ou parcial do abastecimento de água neste domingo (28) por causa das fortes chuvas e enchentes que atingiram o Estado, divulgou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Estão sem abastecimento as cidades de Ribeirão, Primavera e Sirinhaém; além de Saué, distrito de Tamandaré e Cucaú, distrito de Rio Formoso.

Em Vitória de Santo Antão, a correnteza arrebentou um bloco de ancoragem e desacoplou um trecho da adutora de Tapacura, que atende a cidade com 150 litros de água por segundo. A vazão de água ficou reduzida. O acidente ocorreu numa área de canavial que está sem acesso, por isso ainda não há previsão de quando a situação será normalizada.

Com exceção de Sirinhaém, que o sistema foi paralisado por falta de energia, as demais localidades sofreram inundações decorrerdes da intensidade das águas de rios e açudes. Equipes da Celpe trabalham em Sirinharém para resolver o problema elétrico.

Pela manhã, o JC já havia noticiado a interrupção no abastecimento de Caruaru, Altinho, Ibirajuba, Cachoeirinha, Agrestina e Santa Cruz do Capibaribe pela paralisação nos sistemas do Prata e Pirangi. Pelo menos 13 cidades decretaram estado de calamidade e 5 mil pessoas estão desabrigadas; segundo balanço do governo de Pernambuco.

RETORNO

Em Tamandaré, as chuvas provocaram dano às instalações físicas das estações elevatórias, mas eles já foram solucionados e o abastecimento foi normalizado.

Em Primavera, que é atendida pelas barragens de Arrodeio e Jussara, houve inundação na unidade de tratamento e o abastecimento de água foi suspenso.Somente amanhã, a Compesa terá condições de informar a precisão de normalização do fornecimento de água da cidade.

Nos distritos de Sauê (Tamandaré) e Cucaú (Rio Formoso), as chuvas provocaram danos na estação de tratamento que atende os dois povoados. A expectativa é que os técnicos consigam chegar na unidade nesta segunda-feira (29) para realizar o diagnóstico e adotar as providências para a normalização da operação do sistema.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias