ENCHENTES

Saiba como ajudar as famílias atingidas pelas chuvas em Pernambuco

Donativos ajudarão as mais de 5 mil pessoas desabrigadas pelas enchentes em Pernambuco

JC Online
JC Online
Publicado em 28/05/2017 às 17:08
Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Prefeituras, ONGs e entidades públicas já estão organizando a coleta de donativos para as famílias atingidas pelas enchentes no Agreste e na Mata Sul do Estado. Pelo menos 5 mil pessoas ficaram desabrigadas, segundo o Governo de Pernambuco. Treze cidades decretaram estado de calamidade. As prefeituras de Caruaru (Agreste) e Palmares (Mata Sul), duas das maiores cidades atingidas, estão liderando campanhas de donativos.

 

JC-CID00529_DOACAO-web

Em Caruaru, as doações deverão ser entregues no Bloco A, no pátio do Palácio Jaime Nejaim, sede da Prefeitura Municipal. São pedidos cestas básicas, garrafas de água mineral, colchões, cobertores, lençóis, toalhas, travesseiros, mosquiteiros, kits de higiene e material de limpeza.

Já em Palmares, o ponto de arrecadações é no prédio da Faculdade Famasul. Serão recolhidos colchões, roupas, água e alimentos não perecíveis.

Na Zona Rural de Água Preta, que fica distante da área urbana, a Rádio Campestre FM organiza doações para as famílias que ficaram desalojadas. O contato deve ser feito com Antônio Buarque, através do telefone (82) 99155.4155.

DOAÇÕES NO RECIFE

Para quem está no Recife e quer ajudar, a ONG Novo Jeito está montando quatro pontos de coletas de donativo em várias regiões da cidade. As doações podem ser feitas no posto Shell On Time, no número 2000 da Avenida Conselheiro Rosa e Silva, no bairro do Rosarinho; ou no Porto Social, que fica na Rua Marquês de Amorim, 356b, na Ilha do Leite.

Na Zona Sul, haverá dois pontos de coleta em Boa Viagem. O primeiro fica na Florense da Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, número 4180. O segundo fica na loja A3 Design, situada no número 1576 da Avenida Conselheiro Aguiar. A ONG pede colchões, roupas, água e alimentos não perecíveis.

OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB-PE) também está se engajando na coleta de doações. A população pode levar alimentos não perecíveis, roupas, agasalhos e colchões para todas as sedes da entidade, de suas 25 subsecionais ou da Caixa de Assistência dos Advogados (Caape).

Rotary

Outra entidade que já começou a ajudar os atingidos pelas chuvas é o Rotary. A grupo pede doação de água potável, alimentos não perecível, produtos de higiene pessoal e roupas. O ponto de arrecadação é a Casa de Estudante de Pernambuco, no bairro do Derby.

Rotary

Centro Educacional Lubienska

O Lubienska Centro Educacional também iniciou campanha para arrecadação de alimentos não perecíveis, roupas, agasalhos, colchões, produtos de higiene pessoal e água mineral para as vítimas das chuvas em Pernambuco. As doações podem ser entregues na secretaria da instituição, que fica na Rua Paraguassú, número 255, no bairro da Torre. Outras informações podem ser solicitadas através do telefone:  3312-1444.

Doações no Shopping Guararapes

O Shopping Guararapes se uniu à ONG Novo Jeito para ajudar as vítimas da enchente causada pelas fortes chuvas dos últimos dias. É possível ajudar com alimentos não perecíveis, água mineral e roupas em geral. As doações podem ser feitas no Espaço Cliente do mall.

Plaza Shopping recebe doações

Mobilizado para ajudar os desabrigados das chuvas do último final de semana, o Plaza Shopping criou um ponto de arrecadação de donativos no Piso L2 do mall. A partir desta quarta-feira (31), o shopping estará recebendo produtos de necessidades básicas como água mineral, leite e sucos em caixinhas, alimentos prontos para consumo, produtos de higiene pessoal, dentre outros. As doações, que serão destinadas a ONG Novo Jeito, poderão ser feitas até o dia 10 de junho.

Concessionária Rota do Atlântico

Devido às fortes chuvas registradas na Região Metropolitana do Recife (RMR), Zona da Mata Sul e Agreste no último fim de semana, a Concessionária Rota do Atlântico, via expressa de acesso a Suape e ao Litoral Sul, lançou campanha de arrecadação para ajudar as famílias desabrigadas. Alimentos não perecíveis, água mineral, produtos de higiene pessoal e roupas, poderão ser entregues em qualquer praça de pedágio da rodovia ou no Centro de Controle Operacional (CCO), no km 38,5 da PE-0009.

Além disso, a Concessionária está alertando os motoristas que trafegam pelo sistema viário do Complexo de Suape a reduzirem a velocidade e a adotar medidas de segurança. As mensagens estão sendo exibidas nos painéis de LED distribuídos ao longo dos 44 km da rodovia. A medida visa orientar os motoristas sobre os cuidados que devem ser tomados em dias chuvosos.

Clube das Pás

O Clube das Pás arrecada donativos para as famílias desabrigadas dos municípios da Zona da Mata Sul de Pernambuco, em decorrência das chuvas ocorridas nos últimos dias. Durante esta semana, a entrada para os shows do clube, de quarta a sábado, será por meio de doação de alimentos não perecíveis, agasalhos, colchões, cobertores, móveis e até eletrodomésticos.

 A programação da casa é: na quarta (31), o clube promove a festa “Revivendo os anos 60 e 70”, a partir das 17h. Na sexta (2), o cantor Irmão do Brega se apresenta, a partir das 17h e no sábado (3), a casa realiza o seu pré-São João, com grande show do cantor Rodrigo Raposo, que receberá como convidados Nádia Maia, Ed Carlos e Mahatma Costa, a partir das 21h. A Orquestra das Pás estará presente em todos os dias.

Fecomércio

O Sistema Fecomércio/Sesc/Senac – PE também inicia campanha de arrecadação de doações a partir desta segunda-feira (29). A instituição irá receber colchões, água mineral, alimentos não-perecíveis, cestas básicas e roupas em bom estado de conservação.

As doações poderão ser deixadas na sede provisória da Fecomércio, na Rua do Sossego, 264 – Boa Vista, e nas unidades do Sesc e do Senac no Recife e no interior, das 8h às 17h.

Arquidiocese de Olinda e Recife

Na manhã desta segunda-feira (29), o arcebispo Dom Fernando Saburido convocou todas as 127 paróquias ligadas à Arquidiocese de Olinda e Recife para se tornarem ponto de arrecadação de donativos. As doações mais urgentes para as vítimas da enchente, no momento, são de alimentos para consumo imediato, água mineral, colchões, lençóis, toalhas de banho, agasalhos e roupas. Todo o material poderá ser entregue nas próprias paróquias.

Detran, Rodoviárias e TIs da RMR

O Grande Recife Consórcio de Transportes, Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) e a Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI) se uniram nesta segunda-feira (29) para arrecadar donativos. Todos os três órgãos são vinculados à Secretaria das Cidades. Foram escolhidos pontos em sedes do Detran, Terminais de Integração e Rodoviárias em todo o estado. Veja locais de doação:

Recife e Região Metropolitana

- Sede da Secretaria das Cidades e do Detran/PE - Estrada do Barbalho, 889, bairro Iputinga.
- Lojas do Detran/PE nos shoppings Recife, Tacaruna, Guararapes, Plaza e Costa Dourada (Cabo de Santo Agostinho).
- Terminal Integrado de Passageiros (TIP), no Curado; e nos Terminais Integrados (TIs) de Xambá, PE-15, Aeroporto, Abreu e Lima, Rio Doce, Pelópidas, Barro, Macaxeira, Cajueiro Seco, Camaragibe, Tancredo Neves e Joana Bezerra.

Interior

- Araripina – Ciretran e Terminal Rodoviário;
- Arcoverde – Ciretran e Terminal Rodoviário;
- Caruaru – Loja do Detran nos shoppings Difusora e Caruaru Shopping, na Ciretran e Terminal Rodoviário;
- Garanhuns – Ciretran e Terminal Rodoviário;
- Gravatá - Ciretran e Terminal Rodoviário;
- Limoeiro – Ciretran e Terminal Rodoviário;
- Petrolina – Ciretran e Terminal Rodoviário;
- Salgueiro – Ciretran e Terminal Rodoviário;
- Serra Talhada – Ciretran e Terminal Rodoviário;
- Vitória de Santo Antão – Loja do Detran/PE no Vitória Park Shopping.

Nos Detrans e Ciretrans, a arrecadação será feira das 8h às 13h. Nos TIs da Região Metropolitana, de 7h às 19h. Por fim, nas Rodoviárias, das 7h às 20h.

Diego Nigro/JC Imagem
- Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
As chuvas castigaram Pernambuco neste fim de semana - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Governador Paulo Câmara vistoria áreas atingidas - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Móveis e pessoas não têm onde ficar - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Em Belém de Maria não é diferente: lama pra todo lado e moradores fazendo a limpeza - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
O Governador Paulo Câmara foi à Belém de Maria conferir os estragos - Diego Nigro/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Centro de Palmares após enchente - Bobby Fabisak/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Dia é de recomeço na Mata Sul - Diego Nigro/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Moradores de Palmares limpam casas após enchente - Bobby Fabisak/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Lama invadiu todos os espaços - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Força da água impressiona - Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Em especial à Mata Sul - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Cenário é de guerra em Belém de Maria, na Mata Sul - Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Várias barreiras nas estradas, como nessa, na PE-60, sofreram deslizamentos - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Ao todo, 14 cidades decretaram estado de calamidade - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Queda de árvore prejudica o trânsito na BR-101 Sul, próximo a Palmares - Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Muitas famílias ficaram ilhadas em suas próprias casas - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Outras, que perderam tudo, não tiveram a mesma sorte - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
O cenário é de completo terror por conta das chuvas - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Isso sem falar no risco de contrair várias doenças - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Nesta segunda-feira a Defesa Civil Nacional enviará ajuda a Pernambuco - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Na tentativa de amenizar o drama de milhares de pernambucanos - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Neste domingo, a forte chuva castigou muito - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
- Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
- Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
- Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
- Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
- Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
- Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
- Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
A cidade de Água Preta ficou debaixo de água - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Vários moradores perderam praticamente tudo em Água Preta - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
A situação em Barreiros também não é nada boa - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
A situação em Barreiros também não é nada boa - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Barreiros-PE - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Barreiros-PE - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Barreiros-PE - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Barreiros-PE - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Quem tentou pegar a BR-101 também encontrou muita dificuldade - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Castigada em 2010, a cidade de Palmares também ficou debaixo de água - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Palmares-PE - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Palmares-PE - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Em Ribeirão a situação também é de calamidade - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Ribeirão-PE - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Ribeirão-PE - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Ribeirão-PE - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Ribeirão-PE -
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Moradores de Barreiros começam a deixar a cidade - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Cada um sai de Barreiros-PE da forma que dá - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Barreiros-PE - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Até de caminhão o povo está indo embora de Barreiros-PE - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
As pessoas estão levando o que pode - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Barreiros-PE -
Barreiros-PE -
Diego Nigro/JC Imagem
Rio Ipojuca, em Escada-PE - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Rio Ipojuca, em Escada-PE - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Ruas foram encobertas por lama - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Rio Ipojuca, em Escada-PE - Diego Nigro/JC Imagem
Suelen Brainer/TV Jornal
Palmares-PE - Suelen Brainer/TV Jornal
Suelen Brainer/TV Jornal
Palmares-PE - Suelen Brainer/TV Jornal
Diego Nigro/JC Imagem
Rio Ipojuca, em Escada-PE - Diego Nigro/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Queda de árvore prejudica o trânsito na BR-101 Sul, próximo a Palmares - Bobby Fabisak/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Queda de árvore prejudica o trânsito na BR-101 Sul, próximo a Palmares - Bobby Fabisak/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Centro de Palmares após enchente - Bobby Fabisak/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Centro de Palmares após enchente - Bobby Fabisak/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Centro de Palmares após enchente - Bobby Fabisak/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Centro de Palmares após enchente - Bobby Fabisak/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Centro de Palmares após enchente - Bobby Fabisak/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Centro de Palmares após enchente - Bobby Fabisak/JC Imagem
Bobby Fabisak/JC Imagem
Centro de Palmares após enchente - Bobby Fabisak/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Município de Catende após as chuvas - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Município de Catende após as chuvas - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Município de Catende após as chuvas - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Município de Catende após as chuvas - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Município de Catende após as chuvas - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Município de Catende após as chuvas - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
- Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Situação da cidade de Catende nesta segunda (29) - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Em Catende, a ordem é limpar e reconstruir tudo - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Em Catende, a ordem é limpar e reconstruir tudo - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
- Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Em Belém de Maria não é diferente: lama pra todo lado e moradores fazendo a limpeza - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
Em Belém de Maria não é diferente: lama pra todo lado e moradores fazendo a limpeza - Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
- Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem
- Diego Nigro/JC Imagem
-

Últimas notícias