CENTRO

Brigas, arrastões e tumulto no Parque 13 de Maio, no Recife, neste sábado

Confusão começou dentro do parque e se estendeu para ruas do entorno. Grupos se juntaram para disputa de dança

da editoria de Cidades
da editoria de Cidades
Publicado em 05/01/2019 às 18:30
Foto: Divulgação
Confusão começou dentro do parque e se estendeu para ruas do entorno. Grupos se juntaram para disputa de dança - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Arrastões, correria e brigas de gangue ocorreram na tarde deste sábado dentro do Parque 13 de Maio, no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. Houve tumulto também em ruas do entorno do parque. No local estava acontecendo uma 'disputa de passinho', um encontro informal de jovens de vários bairros da capital e cidades da Região Metropolitana para dançar músicas de brega e funk.

Segundo a Polícia Militar, houve desentendimento entre grupos rivais, o que motivou a confusão. Famílias que brincavam com crianças ficaram bastante assustadas. "Foi horrível. Vi pais correndo com os filhos e se trancando dentro do banheiro público, com medo. Roubaram celulares, teve briga demais. A polícia usou bala de borracha", contou a autônoma Maria Alves, 44 anos. "Costumo circular pelo parque e nunca tinha visto tanta confusão como foi hoje", comentou Maria.

ABORDAGENS

Depois da dispersão dos grupos - havia mais de 500 jovens no parque, conforme policiais militares que faziam ronda a pé - viaturas da PM circularam pela Avenida Cruz Cabugá para realizar abordagens. Ônibus de BRT foram parados para averiguação. Policiais também entraram nas estações do BRT. Imagens de um vídeo mostram o momento em que um grupo de rapazes invade um coletivo pela janela.

"Foi uma baderna, tinha um monte de maloqueiro. Muito tumulto", disse o vigilante Marcos Barbosa, 30. "Fiquei assustada porque a gente não sabe o que esse pessoal é capaz de fazer. Mas graças a Deus não mexeram comigo", afirmou Edileuza Passos, dona de um quiosque de lanches que fica em uma das entradas do Parque Treze de Maio.

A ação envolveu a Guarda Municipal do Recife e pelo menos 30 PMs da Rocam e do 16º Batalhão.  

Últimas notícias