Polêmica

Vídeo: Prefeito de Petrolina entra em buraco e critica serviço da Compesa

O episódio foi registrada pelo político e postado em uma rede social

Adige Silva
Adige Silva
Publicado em 09/07/2019 às 9:09
Notícia
Foto: Reprodução/Facebook
O episódio foi registrada pelo político e postado em uma rede social - Foto: Reprodução/Facebook
Leitura:

Em uma cena inusitada, o prefeito do município de Petrolina, Miguel Coelho, entrou em um buraco aberto pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e criticou o serviço realizado pela empresa. O episódio foi registrada pelo político e postado em uma rede social.

O vídeo foi feito de dentro do buraco, que está localizado na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, no bairro de São José. Na publicação, o gestor disse que a Compesa trabalha há 30 anos na cidade, com um lucro mensal de R$ 5 milhões, e critica o desempenho da companhia.

"Vieram dizer que era uma troca de tubulação. Mentira. Nisso aqui (o buraco) a tubulação estourou porque é antiga, é a tubulação de amianto que já deveria ser trocada", acusa o prefeito. Veja vídeo! 

O município está em fase de análise para privatizar o serviço de água e esgoto, através de uma concessão. De acordo com Miguel, a mudança na gestão vai trazer benefício para população. "Queremos mudar, estamos com uma nova licitação para colocar na rua para uma nova empresa assumir", prometeu.

Compesa se pronuncia

Por meio de nota, a Compesa informou que a obra começou na última sexta-feira (5) e será encerrada ainda nesta semana, nesta quarta-feira (10). De acordo com a empresa, a demora na finalização do serviço se deu pela complexidade do serviço e de algumas interferências.

A Compesa informou que os técnicos optaram por utilizar um método não-destrutivo para evitar a quebra de uma grande área de asfalto. O órgão também alegou que os serviços contam com a atuação de 20 profissionais, equipamentos e máquinas.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias