Manifestação

Grito dos Excluídos realiza ato no Centro do Recife

Realizado sempre no Dia da Independência do Brasil, o Grito dos Excluídos reúne movimentos sociais em manifestações por todo país

JC Online
JC Online
Publicado em 07/09/2019 às 10:20
Notícia
Foto: João Carvalho/JC Imagem
FOTO: Foto: João Carvalho/JC Imagem
Leitura:

Com o lema “Esse sistema não Vale. Lutamos por justiça, direitos e liberdade”, a 25ª edição do Grito dos Excluídos está sendo realizada neste sábado (7), no centro do Recife. O ato, que teve a sua concentração na Praça do Derby, contou com a presença de Dom Antônio Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife.

Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem
Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem
Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem
Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem
Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem
Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem
Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem
Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem
Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem
Foto: João Carvalho/JC Imagem
- Foto: João Carvalho/JC Imagem

Segundo Saburido, "O Grito" teve sua origem na igreja e é com alegria que ele se reuniu com o movimento. "Estamos aqui para demostrar nossa inquietação da exclusão que estamos vivendo no País", finalizou.

Manifestação

O Grito dos Excluídos é um ato que reúne integrantes de entidades e movimentos sociais, populares e religiosos tradicionalmente na semana da Independência do Brasil, junto com o desfile Cívico-Militar do dia 7 de setembro, em cidades de todos os estados do Brasil e no Distrito Federal.

Em contraponto a marcha da Independência, a intenção é dar visibilidade aos grupos excluídos da sociedade e divulgar as demandas da sociedade brasileira.

Petrolina

O município de Petrolina, Sertão de Pernambuco, também reuniu dezenas de pessoas para protestar no Grito dos Excluídos. O encontro reuniu movimentos sociais e estudantis, quilombolas e entidades de trabalhadores. Os manifestantes desfilaram pela Avenida Guararapes, no Centro da Cidade, logo após o encerramento do desfile cívico. 

A sindicalista Aninha, que integra o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Assalariados de Petrolina, fez um discurso ao microfone em que criticava as mudanças nas legislações trabalhistas, atualmente em debate no Congresso Nacional. "A gente vai continuar aqui pautando com esse governo, ilegítimo, governo esse que vem sucateando nosso País. Esse sistema não vale", criticou.

 

Últimas notícias