CARNAVAL 2020

Não tem pra ninguém: Galo da Madrugada reina absoluto

Maior bloco de Carnaval do planeta reúne uma multidão no Centro do Recife

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 22/02/2020 às 15:20
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

O Sábado de Zé Pereira, inegavelmente, é dele. Não há como contestar. Mais uma vez, o Galo da Madrugada reina soberano pelas ruas do Centro do Recife arrastando aproximadamente dois milhões de foliões – segundo estimativa da organização do bloco, definido como o maior do mundo.

>> Programe-se para o domingo do Carnaval 2020 em Olinda

>> Veja a previsão do tempo para o domingo no Carnaval do Recife e Olinda em 2020

>> Veja os shows do Marco Zero do Recife no domingo do Carnaval 2020, a noite do samba

>> Festa do maracatu de baque solto começa neste domingo (23)

>> Veja programação infantil no Grande Recife do Domingo de Carnaval 2020

>> Que tal dar a volta ao mundo em torno do Carnaval?

A folia mais esperada e que abre o Carnaval de Pernambuco começou, pontualmente, às 9h, com uma explosão de fogos para anunciar que a alegria e o frevo – é claro – estavam oficialmente liberados. Ao som de mais de 30 atrações, a maioria  genuinamente pernambucana – com convidados dos mais variados ritmos – e sob um sol forte, os foliões pulam e dançam para homenagear o 43º desfile do Galo da Madrugada e preservar, por mais um ano, a força da cultura pernambucana em todas as suas faces. A previsão é de que o desfile acabe às 18h30.

 

>> Pabllo Vittar arrasa com fantasia de 'coelhinha da playboy' em estreia no Galo da Madrugada

>> 'Periferia tem voz, tem direito de sonhar', diz Michelle Melo sobre brega no Carnaval do Recife 2020

O tema deste ano é Xilogravura no Cordel do Frevo, que teve entre os homenageados o xilogravurista pernambucano J.Borges, que acompanha o desfile do camarote oficial do clube, na Praça Sérgio Loreto. Os outros homenageados são o coquista Galo Preto e a dupla de emboladores Caju e Castanha.

Foto: Leo Motta/JC Imagem
As crianças também participam da folia de momo - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Neste ano, o dono da festa foi idealizado pelo artista plástico Leopoldo Nóbrega - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Palhaço no Café da Manhã do Galo - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Grupo mencionou fala do secretário de Bolsonaro durante vazamento de óleo no Nordeste - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), no Café da Manhã do Galo - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
O Galo da Madrugada às 10h45 deste sábado (22) - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Café da Manhã do Galo com políticos - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foliões chegam ao Galo dá Madrugada - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Galo da Madrugada de 2020 tem 28 metros de altura e pesa sete toneladas - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), no Café da Manhã do Galo - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foliã vestida de noviça rebelde - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Galo da Madrugada atrai uma multidão de pessoas fantasiadas - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Galo da Madrugada acontece neste sábado (22) - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foliã se fantasia de palhaça - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Galo Gigante já está de pé desde a madrugada dessa sexta-feira (21) - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Raniere Brayner há 18 anos participa do Galo da Madrugada como Homem da Meia Noite - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Grupo relembrou secretário de Bolsonaro, que afirmou que os peixes são "bichos inteligentes" - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foliã se fantasia da ativista ambiental Greta Tunberg - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Roberta Soares/ JC
Os foliões José Ramos e Marco Antônio fantasiados dos ex-presidentes Lula e Dilma - Foto: Roberta Soares/ JC
Foto: Roberta Soares/ JC
Grupo homenageia o Estado vestindo a bandeira de Pernambuco - Foto: Roberta Soares/ JC
Foto: Leo Motta/JC Imagem
As crianças também participam da folia de momo - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Galo da Madrugada já agita as ruas e avenidas do Centro do Recife - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
O “Galo Circense de olho no futuro”, instalado na ponte Duarte Coelho - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Roberta Soares/ JC
Adão da Burra, um dos foliões mais tradicionais do Carnaval do Recife - Foto: Roberta Soares/ JC
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Grupo homenageia o Estado vestindo a bandeira de Pernambuco - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Apresentador Érico Brás, da TV Globo, marcou presença no Café da Manhã do Galo - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Roberta Soares/ JC
Susana Tereza todo ano participa do desfile. A fantasia escolhida deste ano foi a de Dona Baratinha - Foto: Roberta Soares/ JC
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Folião ansioso (ou lento) antecipa o Natal de Papai Noel no Galo da Madrugada - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

 

>> Veja as imagens do Galo da Madrugada 2020

>> Trio de Gerlane Lops apresenta problemas técnicos no Galo da Madrugada

“Não perco o Galo da Madrugada por nada e esse ano ele teve um sabor especial porque o homenageado foi J.Borges. Sou de Bezerros também (município do Agreste de Pernambuco, terra natal do artista) e fiquei muito orgulhoso de vê-lo recebendo esse carinho. A xilogravura e o cordel são fortes exemplos da nossa cultura. Foi merecido demais”, comemorava o folião Marcos da Pousada, de Bezerros, que foi para o Carnaval fantasiado de barraca de cordel numa referência a J. Borges.

 

Batman e a Mulher Gato, assim como o X-Men Wolverine, também marcaram presença na folia para garantir a paz entre a multidão. De tão grande, a paixão pelo Galo da Madrugada fez até o Homem da Meia-Noite participar do desfile, personificado pelo psicólogo Raniere Brayner.

“Amo os carnavais de Olinda e do Recife e há 18 anos me fantasio de Homem da Meia-Noite. Venho para o Galo e, à meia-noite de hoje, estarei em Olinda para prestigiar o gigante. Dessa forma, unimos a folia das duas cidades”, afirma Raniere.

POLÍTICA

Embora menos presente do que em outras carnavais, a política foi usada de forma irreverente no 43º desfile do clube de máscaras. A fantasia “Olha o óleo peixe inteligente” relembrou a fala do secretário nacional de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Júnior, durante o vazamento de óleo nas praias do Nordeste. Para liberar o consumo de pescados no litoral, ele afirmou que os peixes são “bichos inteligentes e desviam do poluente”.

"A gente aproveita a brincadeira do Carnaval e sempre aborda um tema com muita irreverência. Não há uma conotação ou partido político. Apenas exploramos um tema atual para fazer a fantasia e passar a mensagem para os foliões", explica o professor Luiz Fernando Miranda, integrante do grupo.

 

Outro exemplo de fantasias com conotação política peculiar aos desfiles do Galo da Madrugada foi a dupla de ex-presidentes Lula e Dilma, interpretada pelos artistas profissionais José Ramos – que se veste de Lula há 18 anos – e Marco Antônio, que se fantasia de Dilma Rousseff desde sua primeira candidatura à presidência.

ATRAÇÕES

As atrações musicais, como sempre, fizeram a diferença no desfile do Galo da Madrugada. O gigantesco clube de máscaras colocar na rua 30 trios elétricos, puxados por artistas pernambucanos e nacionais. Alguns estreando, como Pablo Vittar, mas a maioria deles já acostumados a arrastar a multidão de foliões há muitos anos.

Uma das convidadas mais esperadas, Pablo Vittar era só emoção por participar primeira vez do Galo da Madrugada. “Estou muito feliz de estar nessa grande festa e ser recebida da forma como fui. Estava com muita expectativa para vir”, afirmou.

Michele Melo, rainha do brega, era pura emoção ao ver o estilo musical que representa estar presente no desfile. “É uma grande vitória. É impossível descrever a emoção de ver o brega ocupar o lugar que ele merece. E isso eu devo aos fãs”, comemorou.

Outro estreante no Galo, Marcelo Falcão (ex-Rappa) cantou com Elba Ramalho. "Recife me traz a energia de que preciso", destacou ele, pouco antes de cantar Pescador de Ilusões com Elba.

A baiana Margareth Menezes não conseguiu chegar a tempo para fazer um dueto com Nena Queiroga. Ela perdeu o vôo. Já o trio de Gerlane Lops quebrou, o que atrasou um pouco a apresentação dela. Mas o problema foi resolvido logo.

Embora o frevo tenha sido, mais uma vez, a língua dominante do Galo, o perfil eclético das atrações musicais confirma o caráter democrático do desfile. Do axé ao sertanejo, do samba ao brega funk, do passinho ao pagode, tem de tudo um pouco.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias